prémios

NeuropsyAI vence Prémio EmpreendedorXXI

BPI_EmpreendedorXXI

O PEXXI têm como objetivo identificar, reconhecer e acompanhar as empresas inovadoras com menos de três anos de atividade.

A NeuropsyAI, startup portuense na área da neurociência, venceu o Prémios EmpreendedorXXI (PEXXI), promovido pelo BPI e CaixaBank, através da gestora de capital de risco Caixa Capital Risc.

A empresa de Braga recebeu 5.000 euros e uma bolsa para participar no programa internacional de crescimento empresarial, Ignite Fast Track, da Universidade de Cambridge (Reino Unido), por ter desenvolvido uma tecnologia avançada que combina ressonâncias magnéticas, algoritmos de Inteligência Artificial e diagnósticos de doenças neurológicas para dar suporte ao diagnóstico precoce e preciso de doenças neuropsiquiátricas, como a doença de Alzheimer e Parkinson.

“Contámos com a participação de 148 empresas portuguesas, lideradas por muitos empreendedores que procuram todos os dias conquistar a confiança dos mercados e da sociedade, apesar dos obstáculos, e que contribuem para a criação de riqueza e de empregos, através da inovação, da criatividade e de muito trabalho”, referiu o Presidente Honorário do BPI, Artur Santos Silva.

Leia também: Lisboa no topo das preferências europeias para centros tecnológicos

A Adapttech, empresa portuense que desenvolve tecnologias inovadoras para melhorar a qualidade de vida de pessoas com limitações físicas, através da otimização da adaptação de próteses aos membros dos pacientes, arrecadou o segundo lugar e, como terceira finalista ficou a Lifetag Diagnostics, uma biotecnológica de Cantanhede que desenvolve produtos no âmbito do diagnóstico e medição de parâmetros metabólicos envolvidos em processos de doença.

O PEXXI têm como objetivo identificar, reconhecer e acompanhar as empresas inovadoras com menos de três anos de atividade e elevado potencial de crescimento e concedem um total de cinco prémios principais, cada um dirigido às empresas de Portugal e Espanha mais destacadas em sectores emergentes: Ciências da Vida, Tecnologias de Informação, Negócios Digitais, Tecnologias Industriais e Agroalimentar.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

LUÍS FORRA/LUSA

Dia 6. 50 euros dividem patrões e motoristas

O advogado e porta-voz do sindicato nacional dos motoristas, Pardal Henriques. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Sindicato: “Queremos bases bem definidas para iniciar negociação”

Outros conteúdos GMG
NeuropsyAI vence Prémio EmpreendedorXXI