aviação

TAP chega a acordo com ANA para vender Lojas Francas

TAP tem a maioria da Lojas Francas
TAP tem a maioria da Lojas Francas

Companhia aérea nacional consegue acordo com a Vinci para a venda da sua posição de 51% na Lojas Francas de Portugal

A TAP vai vender a sua fatia de 51% nas Lojas Francas à Vinci, a dona francesa da ANA. O acordo já foi alcançado e, segundo a transportadora aérea, a venda deverá ser fechada durante o primeiro trimestre do próximo ano.

A Lojas Francas de Portugal (LFP) opera desde 1995 e é detida por uma joint-venture composta pela TAP e pelo Nuance Group (Dufry). A companhia aérea detém 51% e a Dufry os restantes 49%. Na nova organização acionista, a Dufry vai manter a sua posição passando a Vinci Airports a ocupar o lugar de acionista maioritário, agora pertencente à TAP.

“O presente acordo reforça os negócios da LFP e protege os seus interesses, bem como o dos seus trabalhadores. A LFP vai prosseguir a sua relação comercial com a TAP”, refere a TAP em comunicado.

O acordo agora alcançado está ainda sujeito a um processo de due diligence (auditoria às informações e contas que antecede a um negócio de compra e venda) e ainda a uma aprovação pela autoridade da concorrência.

O capital social da TAP na Lojas Francas de Portugal é 280,5 mil euros, tendo registado um benefício de 8,6 milhões para a companhia em 2015, de acordo com o relatório e contas divulgado pela TAP.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Presidente do Conselho de Finanças Públicas (CFP), Nazaré da Costa Cabral. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Linhas de crédito anti-covid ainda podem vir a pesar muito nas contas públicas

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Apoio a rendas rejeitado devido a “falha” eletrónica

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Só 789 empresas mantiveram lay-off simplificado em agosto

TAP chega a acordo com ANA para vender Lojas Francas