aviação

TAP com lucros de 100 milhões de euros em 2017

A transportadora aérea portuguesa quer reforçar o quadro de pessoal, atualmente com mais de mil pilotos. O crescimento das operações da companhia justificam decisão.
A transportadora aérea portuguesa quer reforçar o quadro de pessoal, atualmente com mais de mil pilotos. O crescimento das operações da companhia justificam decisão.

A TAP teve lucros de 100 milhões de euros. O negócio da aviação permitiu à TAP SGPS ter um lucro de mais de 20 milhões, segundo o Jornal de Negócios.

A TAP SGPS terminou 2017 com lucros de 21,2 milhões de euros, avança esta manhã o Jornal de Negócios. A contribuir para este resultado esteve o negócio da aviação. De acordo com o relatório de gestão do ano passado, citado pela publicação, só a companhia aérea obteve um lucro de 100,4 milhões de euros, o que representa uma subida face aos 33,5 milhões de euros registados em 2016.

Este resultado do negócio da aviação compensou assim as perdas registadas pela TAP Manutenção e Engenharia Brasil. As perdas desta unidade ascenderam no ano passado a 50,1 milhões de euros, quando em 2016 tinha registado um prejuízo de 31,9 milhões de euros.

No relatório, citado pelo Jornal de Negócios, a TAP salienta a “significativa melhoria” do seu resultado, que beneficiou “do forte comportamento do mercado observado no início de 2017, que permaneceu praticamente o mesmo ao longo do ano, sustentado por uma retoma generalizada das condições económicas”.

O resultado operacional do grupo cresceu significativamente no ano passado para os 106,8 milhões de euros. Em 2016, tinha ficado nos 13 milhões de euros. As receitas operacionais aumentaram em mais de 600 milhões de euros, para um total de 2.977 milhões de euros.

No ano passado, a companhia aérea transportou 14,2 milhões de passageiros, mais 21,6% que em 2016, escreve ainda a publicação.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ministro adjunto Pedro Siza Vieira. 
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Proposta que cria sociedades de investimento em imóveis avança até final do ano

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Despesa com juros da dívida ultrapassou 5 mil milhões de euros até julho

Apple devolve à Irlanda14 mil milhões em ajudas consideradas ilícitas

Outros conteúdos GMG
TAP com lucros de 100 milhões de euros em 2017