TAP: "Todos os negócios têm risco"

O CEO da TAP desconhecia o resultado da auditoria do Tribunal de Contas, que aponta riscos à sustentabilidade do negócio

"Todos os negócios têm risco e todos os acionistas quando investem estão cientes do risco, mas também do retorno", disse Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP, reagindo às conclusões da auditoria do Tribunal de Contas ao processo de recomposição do capital social da transportadora portuguesa.

O documento, divulgado ontem, sublinha que o Estado "recuperou o controlo estratégico, mas perdeu direitos económicos" quando assegurou os 50% da TAP e assumiu "maiores responsabilidades na capitalização e no financiamento da empresa".

Antonoalvo Neves, que falava aos jornalistas, no Porto, no final da assinatura de um protocolo entre a TAP e associações empresariais da região, disse desconhecer a auditoria do Tribunal de Contas. "Ainda não li, não conheço" o documento, afirmou.

"Ninguém pode assegurar que uma empresa não tem riscos", sublinhou o gestor, assegurando que a TAP tem a meta de multiplicar os lucros.

 

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de