BTL

Taste Portugal já une 100 restaurantes portugueses pelo mundo

Ferreira Café, em Montreal, é um dos 13 primeiros a receber certificado Taste Portugal
Ferreira Café, em Montreal, é um dos 13 primeiros a receber certificado Taste Portugal

Programa da Ahresp ganha novas asas em maio, com alargamento aos 5 continentes. Placas já seguiram para os primeiros 13 espaços no primeiro dia da BTL

A rede criada pela Ahresp para unir os restaurantes portugueses espalhados pelo mundo já conta com 99 inscritos, mas a associação que representa o setor da hotelaria e restauração identificou, ao longo dos últimos meses, mais de 520 espaços portugueses lá fora.

As primeiras 13 ‘placas’ que os agregam à marca ‘Taste Portugal’ foram entregues esta quarta-feira, durante o primeiro dia da Bolsa de Turismo de Lisboa, mas em breve todos poderão ter à porta o devido certificado que sela a entrada numa rede que a Ahresp quer tão vasta quanto possível.

“A gastronomia é hoje uma das primeiras portas de entrada no nosso país”, disse Joaquim Ribeiro, vice-presidente da Ahresp, na cerimónia de entrega dos certificados e que contou com a presença de Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, e de José Luís Carneiro, secretário de Estado das Comunidades.

Na primeira fase deste programa, foram inscritos restaurantes portugueses com presença no Brasil (35 candidatos), Alemanha (17 inscritos), Espanha (9 inscritos), Reino Unido (17 inscritos), Canadá (4 inscritos) e, em França (17 inscritos). Mas, a segunda fase arranca nos próximos dois meses e pretende levar mais longe o projeto. “Queremos levar o Taste Portugal aos cinco continentes”, afirmou Joaquim Ribeiro, destacando países como a China, Estados Unidos da América ou, mais perto, a Suíça.

Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, lembrou a importância da gastronomia para dar a conhecer Portugal lá fora, e lembrou o papel fundamental que a comunidade portuguesa a viver no estrangeiro tem tido. “Cada vez que vou ao estrangeiro vou aos vossos restaurantes. São a porta para conhecer o melhor que há em Portugal”, destacou.

“Os restaurantes portugueses no mundo todos os dias representam os interesses do País, da nossa economia e, acima de tudo, a nossa identidade e a nossa cultura. Os portugueses no mundo são uma das maiores forças motrizes do País, que fazem Portugal global”, salientou, por sua vez, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro.

A rede Taste Portugal pretende dinamizar o receituário gastronómico português e, ao mesmo tempo, levar os produtos portugueses para o estrangeiro. O protocolo de distribuição foi também assinado esta quarta-feira, e fica na mão da Sogenave, uma empresa com mais de quatro décadas, e que atua em todo o mundo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Biedronka assegura 68% das vendas; Pingo Doce 24%

Jerónimo Martins vai impugnar coima de 24 milhões na Polónia

Parque Eólico

EDP Renováveis vende sete parques eólicos à Finerge em Espanha

Luís Máximo dos Santos é presidente do Fundo de Resolução.

Fundo de Resolução diz que comprador da GNB tinha a proposta “mais atrativa”

Taste Portugal já une 100 restaurantes portugueses pelo mundo