Dinheiro Vivo TV

Táxis e trotinetas juntos na mesma app? Só mesmo em Portugal

A carregar player...

Trotinetas da Hive vão começar a aparecer na aplicação para chamar táxis Free Now, em Lisboa, até ao final deste mês.

Portugal vai ser o primeiro país na Europa em que as trotinetas partilhadas vão aparecer numa aplicação para chamar táxis. Até ao final deste mês, o serviço da Hive vai estar integrado dentro da aplicação móvel da Free Now, anunciou a plataforma em Barcelona, durante um evento com jornalistas que o Dinheiro Vivo acompanhou.

O projeto pioneiro vai funcionar apenas na cidade de Lisboa, onde a Free Now (antiga Mytaxi) está presente desde dezembro de 2015 e onde a Hive partilha centenas de trotinetas desde o final do ano passado. Juntar estes veículos apenas é possível porque a Hive está dentro da Free Now, uma das unidades do consórcio da BMW e da Daimler (dona da Mercedes) que reúne os serviços de mobilidade urbana.

“Os serviços são complementares: os táxis nem sempre têm acesso a alguns destinos e nem sempre é fácil deixarem as pessoas à porta do destino. Queremos que os nossos utilizadores escolham o tipo de transporte e a forma como viajam dependendo das suas necessidades”, destaca Joana Pereira Correia, responsável da Hive em Portugal.

A integração dos veículos numa aplicação é apenas o primeiro passo para juntar as várias opções de mobilidade do grupo alemão. “É possível fazer imensos progressos na aplicação: por exemplo, se estiver a chover, a plataforma pode recomendar automaticamente pedir um carro em vez de alugar uma trotineta”, assinala Tristán Torres Velat, líder da Hive.

Leia mais: Hive. “Devíamos ter uma taxa” para as trotinetes na cidade

A marca das duas rodas também aposta numa operação ecológica. “90% da frota em Portugal é a mesma desde o início das operações, porque a manutenção dos veículos é feita todas as noites e reutilizamos peças das trotinetas”, adianta a empresa.

A Hive também vai acompanhar as concorrentes, passando a utilizar bicicletas de carga elétrica para transportar baterias e veículos da rua até à oficina até ao final deste ano.

A plataforma alemã está a reforçar a operação em território português, concorrendo com a Circ em Braga e Matosinhos a partir da próxima semana.

A Free Now também está a acrescentar serviços para os taxistas portugueses. Graças à funcionalidade “a caminho”, poderão aceitar mais uma viagem ou um serviço extra durante o percurso para casa, aumentando os rendimentos e contribuindo para um serviço mais amigo do ambiente.

Leia mais: Mytaxi muda de nome e aposta em preços anti-Uber

Esta ferramenta foi desenvolvida em Barcelona, que alberga um dos três centros de desenvolvimento da empresa, onde trabalham mais de cem pessoas de 24 nacionalidades.

Flávia Neves é uma das portuguesas a trabalhar no centro da cidade catalã. “Os portugueses têm uma coisa que é muito específica e muito boa: somos muito desenrascados e ensinam-nos a pensar”, destaca a responsável de produto.

Os outros dois centros de desenvolvimento ficam na Alemanha, em Hamburgo e em Berlim. No conjunto, a Free Now emprega 750 trabalhadores.

*O jornalista viajou a convite da Free Now.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Congresso APDC

“Temos um responsável da regulação que não regula”

Congresso APDC

Governo. Banda larga deve fazer parte do serviço universal

Outros conteúdos GMG
Táxis e trotinetas juntos na mesma app? Só mesmo em Portugal