Telecomunicações

TDT. “É algo muito remoto”, adianta Miguel Almeida

A Meo/ Altice tem até 2023 a concessão da TDT mas já anunciou não vai renovar a licença, depois do corte de 15% dos preços.

“É um processo que não analisamos”, diz Miguel Almeida, CEO da NOS, quando questionado sobre se a operadora teria interesse em participar num eventual concurso para a concessão da TDT.
A Meo/ Altice tem até 2023 a concessão da TDT, mas depois do corte de 15% dos preços da TDT imposto pela Anacom, a empresa liderada por Alexandre Fonseca não vai renovar a licença.
“É algo muito remoto”, diz Miguel Almeida sobre uma eventual participação da companhia num futuro concurso.
A NOS divulgou esta sexta-feira os resultados relativos a 2018 e registou uma subida dos lucros de 15,8% para 141,4 milhões de euros.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

Presidente executivo da TAP Antonoaldo Neves. Fotografia: NUNO FOX/LUSA

TAP faz emissão de dívida só para investidores institucionais

Outros conteúdos GMG
TDT. “É algo muito remoto”, adianta Miguel Almeida