Telecomunicações

TDT. Mudança de emissores retoma a 3 de agosto. Arranca em Palmela

(Carlos Santos/Global Imagens)
(Carlos Santos/Global Imagens)

Migração da rede de emissores da TDT retoma depois de ter sido interrompida a 13 de março por causa da pandemia do novo coronavírus.

A migração dos emissores da Televisão Digital Terrestre (TDT) vai recomeçar a partir de 3 de agosto, em Palmela. Processo tem término previsto para 12 de dezembro, quando ficar concluída a mudança da rede de emissores nas ilhas da Madeira e dos Açores. A mudança da rede de emissores é necessária para a libertação das faixas que deverão ser usadas no 5G.

É com a mudança da emissor da TDT em Palmela que retoma o processo de migração interrompido a 13 de março, por causa da pandemia do covid-19. Até a essa data, já tinham sido alterados 63 emissores, de um total de 243, abrangendo sobretudo a região sul (Algarve e Alentejo) do país.

A migração da rede de TDT – plataforma que transmite os canais de televisão em sinal aberto, como os canais públicos (RTP1, RTP2, RTP3 e Memória), SIC, TVI e canal Parlamento -, necessária para se proceder à libertação da faixa dos 700MHz para o 5G, vai terminar a 12 em dezembro e abrange a alteração de mais 180 emissores.

Para continuar a aceder aos canais, os utilizadores têm apenas de fazer a alteração da frequência no televisor, não sendo necessária compra de qualquer equipamento. “A Anacom teve a preocupação de assegurar que não será necessário substituir ou reorientar a antena, trocar a TV ou o descodificador, e ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga. No caso dos condomínios/edifícios que tenham instalações com amplificadores mono-canal poderão ter que os substituir”, alerta o regulador.

Caso precisem de apoio, os utilizadores podem recorrer ao call center da TDT, que a Anacom criou para apoiar a população (nº gratuito 800 102 002). Até à interrupção do processo, o centro de atendimento recebeu cerca de 21 mil chamadas, tendo sido necessário apoiar presencialmente as pessoas, com o envio de uma equipa técnica do regulador a casa dos indivíduos, a fazerem a migração em 1052 situações. A ida da equipa técnica não tem custos para o utilizador.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
(Global Imagens)

EDP faz aumento de capital de 1020 milhões para financiar compra da Viesgo

O ex-ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: Tiago Petinga/Lusa

Relatório aprovado. Centeno pode ser nomeado para o Banco de Portugal

(Rui Oliveira/Global Imagens)

Turismo: Eurodeputados portugueses exigem mais dinheiro e coordenação

TDT. Mudança de emissores retoma a 3 de agosto. Arranca em Palmela