Dinheiro Vivo TV

Teams. Como funciona o serviço colaborativo da Microsoft que substitui o Skype

A carregar player...

A Microsoft está a apostar forte no seu serviço empresarial Teams, que substitui o Skype for Business e aproveitámos uma passagem pela nova sede da empresa em Portugal para perceber como funciona e que inovações promete.

Na era digital, os serviços empresariais contam cada vez mais com serviços de software evoluídos e que façam a diferença, poupando tempo e recursos aos profissionais. Foi assim que o Slack tem crescido de forma vertiginosa ao ponto de já ter entrado em bolsa.

Neste contexto, a Microsoft lançou um substituto do seu Skype for Business já em 2017, como uma espécie de central para equipas de trabalho – onde a videoconferência é a funcionalidade mais óbvia – integrada no Office 365. Além de possibilidade de conversas e de vídeo, é possível fazer chamadas e enviar de forma colaborativa documentos com uma equipa em particular.

O Teams conquistou já este verão 13 milhões de utilizadores ativos por dia e goza já de uma implementação muito mais rápida do que o Skype for Business conseguiu (este último é descontinuado em 2021), mostrando ser um forte rival para o Slack. Teresa Virgínia, Diretora da Unidade de Solução de Modern Workplace, ajuda-nos a perceber como funciona o serviço em plena sede da Microsoft Portugal, que foi renovada o mês passado – pode ler e ver a reportagem aqui.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Sarah Costa/Global Imagens

Tomás Correia, Montepio e BNI Europa. O que está por detrás das buscas

A coordenadora da Frente Comum, Ana Avoila
(TIAGO PETINGA/LUSA)

Frente Comum diz que é “inaceitável” negociar salários depois do orçamento

O secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos. MÁRIO CRUZ/LUSA

CGTP apela ao PM para negociar salários no Estado antes do Orçamento

Teams. Como funciona o serviço colaborativo da Microsoft que substitui o Skype