Prémio

Tech For Peace Award promove tecnologia para um mundo melhor

Web Summit 2019
Foto: Filipe Amorim/Global Imagens

O anúncio do primeiro vencedor está já marcado para a próxima edição do Web Summit Lisboa, em 2020.

A Give Peace a Voice e a KPMG Portugal, em parceria com a Startup Portugal, decidiram lançar o Tech For Peace Award, iniciativa que visa incentivar e reconhecer a tecnologia que ajude a promover a paz ou que contribua para construir um mundo melhor. As candidaturas ao prémio estão abertas a todas as startups e empresas portuguesas ou de qualquer outra nacionalidade.

O Tech For Peace Award é um prémio focado no ecossistema nacional, mas aberto a startups e empresas de outras nacionalidades, tendo em vista distinguir as mais impactantes, inovadoras e inspiradoras soluções tecnológicas orientadas para a promoção da paz e de um mundo melhor. O troféu do Tech For Peace Award terá a autoria de Joana Vasconcelos.

A iniciativa será apresentada esta tarde (dia 6 de novembro) no stand da Startup Portugal, onde é esperada a presença do primeiro-ministro, António Costa, e do fundador do evento, Paddy Cosgrave. Ao longo das próximas semanas, serão revelados os detalhes sobre a formalização do processo de candidatura, bem como a composição do júri e muitas outras surpresas.

O anúncio do primeiro vencedor está já marcado para a próxima edição do Web Summit Lisboa, em 2020.

“O Tech for Peace Award foi pensado com a missão de identificar, reconhecer e apoiar os melhores “projectos-negócio” de base tecnológica, que criem verdadeiro valor no sentido de um mundo melhor. Esta acção enquadra-se na estratégica global da Give Peace a voice de promover a paz através de todos os meios (artísticos) necessários e de provar que a paz é, sem dúvida, um negócio (no sentido de criar verdadeiro valor e com impacto positivo) rentável e sustentável”, diz Nuno Olim Marote, fundador da Give Peace a Voice.

Sikander Sattar, presidente do a KPMG Portugal, realça que “na KPMG entendemos a sustentabilidade e a responsabilidade social como pilares de continuidade do nosso negócio e do futuro do planeta. Assumimos, todos os dias, o compromisso de contribuir para um Mundo melhor, em parceria com os nossos colaboradores e Alumni, clientes e parceiros. É, por isso, que nos associamos a esta iniciativa com grande entusiasmo, reforçado ainda pelo facto do seu mentor ser um Alumni da KPMG”.

“A preservação da paz é, sem dúvida, uma das áreas a nível global onde esta comunidade [das start-ups] pode e deve desenvolver soluções”, sublinha, por sua vez, João Borga, diretor da Startup Portugal.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D), e o secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita (E). Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salário mínimo de 635 euros? Dos 617 dos patrões aos 690 euros da CGTP

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

Outros conteúdos GMG
Tech For Peace Award promove tecnologia para um mundo melhor