Xiaomi vai fabricar 300.000 veículos elétricos por ano na nova fábrica em Pequim

O grupo de tecnologia chinês Xiaomi assinou um acordo com as autoridades de Pequim para construir uma fábrica de veículos elétricos, com capacidade para produzir até 300.000 unidades por ano, informou hoje o portal de notícias económicas Yicai.

Dinheiro Vivo/Lusa
epa08786342 Shoppers in a Xiaomi store at the Galerija Belgrade shopping mall in Belgrade, Serbia, 30 October 2020. Galerija shopping mall is a new 300,000 square-meter retail property funded by Eagle Hills, the Abu Dhabi based private investment and real estate development company. Galerija Belgrade claims to be the largest entertainment, shopping, and gourmet destination in the Southern-Eastern Europe's region. EPA/ANDREJ CUKIC © EPA

A fábrica, da qual sairão os primeiros veículos em 2024, vai ser construída em duas fases, embora não tenha sido divulgado o valor do investimento.

A Xiaomi, conhecida pelos seus telemóveis e outros dispositivos, anunciou, em março passado, a entrada no setor elétrico, com um investimento equivalente a 8.864 milhões de euros, ao longo dos próximos dez anos.

Em setembro, a empresa formalizou a criação da sua nova subsidiária dedicada a este tipo de veículo, com um capital inicial de 1.389 milhões de euros.

Mais de 500 funcionários trabalham já nesta nova subsidiária, disse

recentemente a empresa de tecnologia, que já fabrica alguns veículos elétricos de pequeno porte, e também fez parceria com a chinesa Super Soco para produzir conjuntamente motocicletas elétricas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG