Aubay ofereceu 100 euros aos 950 colaboradores em teletrabalho em Portugal

A tecnológica, com presença em Lisboa e Porto, quis dar um mimo aos seus 950 colaboradores, quase todos em regime de teletrabalho.

A Aubay, tecnológica de origem francesa, atribuiu a todos os seus 950 colaboradores em Portugal "uma verba financeira para fazer face a eventuais despesas relacionadas com a atividade de teletrabalho". A empresa, que tem instalações em Lisboa e Porto, ofececeu 100 euros a cada trabalhador, fechando "com chave de ouro o ano de 2020"".

"Atribuímos um valor de 100 euros a cada colaborador", disse fonte oficial da Aubay Portugal, ao Negócios.

A tecnológica tem "perto de 100%" dos colaboradores em teletrabalho, sendo "pontuais" os casos de laboração presencial. Essas situações só acontecem "por necessidade do tipo de trabalho a executar, e algumas pessoas que, por vontade própria, nos pediram para trabalhar no escritório, por falta de condições em casa", disse a mesma fonte.

Segundo avança em comunicado João Bexiga, CEO da Aubay Portugal, "agradecer e reconhecer fazem parte da nossa cultura e este Natal quisemos dar mais um mimo aos nossos colaboradores, como forma de agradecimento e na tentativa de contribuirmos para eventuais custos que possam ter tido para se adaptarem às condicionantes do teletrabalho".

A Aubay é uma empresa francesa, criada em 1998, especializada na gestão, implementação, desenvolvimento e manutenção de sistemas de informação.. Há 14 anos, instalou-se em Lisboa e está desde 2016 também no Porto.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de