Colt reforça investimento em Portugal com novo centro. Campanha de recrutamento já arrancou

Integrado na nova estratégia, a Colt anuncia que pretende instalar o terceiro centro em Portugal. A empresa pretende elevar o número de colaboradores no país, com vagas em aberto para engenheiros de desenvolvimento de software.

A Colt vai instalar um terceiro centro em Portugal, que estará dedicado ao desenvolvimento de tecnologias de rede SDN (Software Defined Networks) e NFV (Network Function Virtualization). Estas tecnologias permitem "aumentar os níveis de agilidade das redes de comunicações", explica a Colt em counicado.

Com uma subsidiária em Portugal desde 2002, este novo centro permitirá à empresa alargar o número de trabalhadores: a empresa espera chegar aos cem colaboradores no país até ao final do ano.

"Este terceiro centro da Colt espelha, de forma inequívoca, a estratégia de inovação da Colt, que é reconhecida e premiada a nível mundial. Com a pandemia, um dos maiores desafios que se coloca atualmente é o de garantir a capacidade de acessos seguros a ligações fiáveis para todos os utilizadores, o que exige que os prestadores de serviços de rede estejam capacitados para disponibilizarem soluções eficientes", detalha Carlos Jesus, country manager da Colt Portugal. "Neste contexto, as tecnologias SDN/NFV adquirem um papel fundamental e é neste contexto que iremos abrir o novo centro".

O responsável destaca que "Portugal é um país excecionalmente posicionado quer geograficamente, quer culturalmente no âmbito das comunicações", salientando que "há uma clara explosão de centros de competências capazes de responderem à procura crescente de serviços digitais a nível mundial."

Carlos Jesus destaca que o compromisso da empresa para com "a operação portuguesa tem sido constante", recordando a abertura do primeiro centro de competências em 2016 e um segundo centro, em 2018, de Language Technical Resolution Centre. "Estamos muito entusiasmados com este novo desenvolvimento, e acreditamos, que Portugal irá ter um papel ainda mais relevante na concretização da nova estratégia de inovação e crescimento da empresa à escala global," afirma Carlos Jesus, Country Manager.

O processo de recrutamento para este novo centro já arrancou, sendo feito totalmente online. Estão em aberto vagas para posições como Full Stack Developer ou UI Developer.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de