Itália aplica multa de 10 milhões de euros à Apple por práticas comerciais "agressivas"

O regulador italiano multou a Apple em 10 milhões de euros, considerando que a tecnológica recorreu a práticas comerciais "agressivas e enganadoras" com a linha iPhone.

A Autoridade da Concorrência e Mercados italiana anunciou esta segunda-feira que vai multar a Apple em 10 milhões de euros. Em causa estão as práticas comerciais utilizadas pela tecnológica norte-americana para publicitar a linha iPhone.

Através de comunicado, o regulador considera como "agressivas e enganadoras" as práticas comerciais que a Apple utilizou nas comunicações dos diferentes modelos de iPhone. O regulador explica que a Apple estará a induzir os clientes em erro ao publicitar os diferentes modelos da linha como resistentes à água, sem especificar que tal só acontece em condições específicas, simuladas em laboratório, e não nas condições habituais de utilização.

Além disso, foi ainda indicado que a garantia disponibilizada aos clientes exonera a Apple de responsabilidades, já que especifica que "não estão cobertos danos por líquidos".

Desta forma, o regulador italiano considerou que se trata de um engano para os clientes, que também não tinha qualquer tipo de proteção quando os telefones tivessem sido danificados por água ou outros líquidos.

Esta não é a primeira vez que a Apple é multada em Itália. A primeira aconteceu em 2018, quando o regulador multou a Apple em 5 milhões de euros devido a uma atualização de software que tornava os telefones mais lentos.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de