Microsoft fecha contrato de 21,9 mil milhões para munir exército dos EUA com realidade aumentada

O valor contratual deverá ser distribuído ao longo dos próximos 10 anos e estima uma distribuição de, pelo menos, 120.000 dispositivos.

A gigante tecnológica Microsoft fechou um negócio no valor de 21,9 mil milhões de dólares (18,63 mil milhões de euros) para fornecer, pelo menos, 120.000 dispositivos de realidade aumentada ao exército dos Estados Unidos.

Este acordo consiste no desenvolvimento do Integrated Visual Augmentation System (Sistema de Realidade aumentada Visual Integrado, no português). Este equipamento, que a Microsoft irá fornecer, permite que, através da Inteligência Artificial, os soldados treinem as suas capacidades de combate.

Através da criação de camadas de informação sobre a realidade efetiva promovem, por exemplo, a capacidade de detetar ameaças dos soldados.

O mais recente negócio da Microsoft em parceria com o exército dos Estados Unidos, vem acelerar o processo de fabrico dos headset de Realidade Aumentada (RA), bem como a sua implementação no terreno.

Baseado no headset HoloLens de RA da Microsoft, o IVAS (sigla em inglês) fornecerá às Forças de Combate Direto, a próxima geração de visão noturna e capacidades de perceção adaptadas a cada situação.

A acrescentar, esta tecnologia permitirá que o exército disponha de uma vantagem na partilha de informação, e nas consequentes tomadas de decisão nos vários cenários. Assim, maior eficácia e segurança são as promessas da gigante tecnológica.

O valor agora anunciado, de 21,9 mil milhões de dólares, deve ser distribuído ao longo dos próximos 10 anos, dependendo do número de dispositivos efetivamente entregues.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de