Pandemia impulsiona crescimento da inteligência artificial

Mercado ganhou destaque por causa da emergência sanitária, o que levou à revisão em alta das previsões para 2021

As receitas geradas pelos serviços e produtos de inteligência artificial (IA) vão ser superiores ao que era esperado em 2021, fruto do impulso dado pela pandemia de covid-19. Segundo a consultora IDC, os efeitos da crise sanitária nos negócios e no trabalho levou as empresas a acelerar a sua adesão a soluções IA, o que explica a revisão em alta das previsões.

"A pandemia global empurrou a IA para o topo das prioridades corporativas, potenciando a resiliência e relevância dos negócios", explicou Ritu Jyoti, vice-presidente do programa AI Research na IDC. "A IA está a tornar-se ubíqua em todas as áreas funcionais de uma empresa."

De acordo com as novas contas da consultora, este mercado irá gerar 327,5 mil milhões de dólares em 2021 (2,7 mil milhões de euros), o que reflete um crescimento de 16,4% em relação ao ano anterior. A indústria inclui software, hardware e serviços, sendo que o software representa a grande maioria das receitas (88% do total).

"Os avanços em machine learning, IA conversacional e visão por computador estão na linha da frente das inovações de software em IA, arquitetando otimizações de processos de TI e negócios convergentes, previsões e recomendações, e permitindo experiências transformadoras para os clientes e os funcionários", elaborou Jyoti.

Até 2024, a IDC prevê que o mercado cresça a um ritmo de 17,5% ao ano e atinja um valor de 554,3 mil milhões de dólares (456 mil milhões de euros).

A consultora frisou ainda que se trata de um mercado muito disperso, com pelo menos 160 empresas a competirem em diversos segmentos. O software é dominado pela IBM e Microsoft numa área onde SAS Institute, Google, Dynatrace, Slack, Palantir e outras também estão em alta.

Nos serviços IA, o segmento que irá crescer mais rapidamente este ano, as três fornecedoras de topo em TI são a IBM, Accenture e Infosys.

"No geral, o cenário competitivo nos dois mercados de serviços para IA é altamente fragmentado e players de toda a cadeia de valor de serviços continuam a investir em ativos tecnológicos, recursos de inovação e experiência na aplicação de IA para resolver problemas específicos dos domínios e das indústrias", disse a IDC.

Jennifer Hamel, gestora de pesquisa da consultora, frisou que a pandemia até interrompeu o que era um momento significativo de crescimento dos serviços para IA, que evoluíram abaixo do mercado em 2020. No entanto, "a procura empresarial por capacidades de IA para apoiar a resiliência do negócio e aumentar a produtividade humana registou uma expansão a dois dígitos", mesmo durante o período em que vários projetos foram atrasados.

"A procura dos clientes por experiência técnica para desenvolver, implementar e gerir aplicações IA impulsiona a expansão dos serviços de TI, enquanto a crescente adoção de automação potenciada por IA dentro dos processos faz crescer os gastos em serviços de negócio."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de