Telecom Italia foca investimento em... Itália

No Brasil, Telecom Italia vai investir cerca de 3,4 mil milhões de euros na rede móvel. TIM empresa vai cortar até mil postos de trabalho.

A Telecom Italia anunciou que vai investir 12 mil milhões de euros no reforço da rede fixa e móvel em Itália nos próximos três anos, mercado onde antecipa que as receitas irão subir já este ano.

A operadora italiana fechou o ano passado com 19,7 mil milhões de euros de euros de receitas, menos do que os 21,6 mil milhões de euros registados no ano anterior. As vendas no mercado doméstico recuaram cerca de 2%, mas no Brasil, a TIM registou quebras mais acentuadas. A operadora fechou o ano com uma quebra de 12,1% nas receitas, para 17,1 mil milhões de reais. Descida a que a companhia aponta ao impacto do arrefecimento da economia brasileira no rendimento das famílias.

Neste mercado, a Telecom Italia pensa vir apenas a investir 14 mil milhões de reais até 2018, ou seja, cerca de 3,4 mil milhões de euros, na melhoria da rede móvel da TIM, com a qual a Oi - onde a Pharol tem uma participação de 27,5% - se quer fundir.

A crise económica no Brasil afetou o desempenho da companhia que se prepara para despedir entre 800 a 1000 trabalhadores, segundo avançaram os sindicatos. A TIM tem cerca de 13,600 trabalhadores. De acordo com os sindicatos, os cortes são transversais indo da área técnica à administrativa, com os maiores cortes a afetarem os trabalhadores em São Paulo e Rio de Janeiro, noticiou a Reuters.

A TIM não quis comentar os despedimentos, mas admitiu estar a implementar desde o segundo semestre do ano passado um plano de corte de custos, com vista a obter poupanças de mil milhões de reais até ao final de 2017.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de