Altice assegura comunicações a internados e profissionais de saúde

Operadora doou equipamentos tecnológicos ao Hospital Curry Cabral, (Lisboa Central) e ao Hospital dos Covões (Coimbra). Iniciativa semelhante fez chegar 400 equipamentos e serviços tecnológicos a instituições de ensino, saúde e solidariedade social no ano passado.

Com o objetivo de "dar resposta às necessidades originadas pela pandemia", a Altice Portugal volta ao terreno, agora para doar equipamentos de comunicações a dois hospitais: o Hospital Curry Cabral, pertencente ao Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central e o Hospital dos Covões, pertencente ao Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

"Enquanto empresa socialmente responsável, a Altice Portugal não pode deixar de marcar presença no apoio a todos os portugueses numa situação particularmente vulnerável", justifica a operadora de telecomunicações liderada por Alexandre Fonseca. "Estamos cá, estivemos sempre cá e vamos continuar é o compromisso da Altice Portugal com Portugal e com os portugueses", frisa, explicando que esta doação de dezenas de equipamentos de telecomunicações pretende assegurar a tecnologia necessária para que, "impedidos de receber visitas e estando privados do contacto com os seus familiares e amigos, os doentes internados possam contactar e estar mais próximos dos seus familiares e amigos".

Já no ano passado, a empresa garantira a entrega de 400 equipamentos e serviços tecnológicos a instituições de ensino, saúde e solidariedade social de forma que pudessem manter contacto e ter condições de assistir a aulas ou trabalhar à distância, por exemplo. Considerando as mudanças trazidas pela crise pandémica, a Altice Portugal entende que "a tecnologia foi a âncora que permitiu e permite continuarmos ligados".

"As circunstâncias atuais impõem à Altice Portugal, líder do setor das telecomunicações, uma responsabilidade acrescida num mundo em que as comunicações se tornaram indispensáveis, quer para a ligação e união dos portugueses quer para a área da saúde, da educação quer mesmo para assegurar com eficiência a continuidade dos negócios das empresas", sublinha a empresa, que integra esta nova iniciativa nos seus objetivos de combate ao isolamento de doentes com covid, mas também de pacientes crónicos de risco ou de idosos. Nessa luta incluem-se outras ações como a associação da Altice Portugal à GNR, ao abrigo do programa 65 Longe+Perto, que promove o contacto de idosos com a família através de videochamadas; ou a doação de equipamentos a crianças de agregados familiares com baixos rendimentos, de forma a minimizar as desigualdades de acesso à Educação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de