Vodafone também já tem autorização para lançar ofertas 5G

O leilão do 5G terminou no dia 27 de outubro, tendo sido atribuído espetro à NOS, Altice, Vodafone, Nowo, Dixarobil e Dense Air. NOS, Dense Air e Vodafone já têm autorização para oferecer 5G.

José Varela Rodrigues
Mário Vaz, CEO da Vodafone © Leonardo Negrão/Global Imagens

Depois da NOS e da Dense Air, eis que a Vodafone concluiu o processo do leilão da quinta geração da rede móvel (5G) e já pode iniciar a exploração das primeiras ofertas comerciais 5G. A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) já aprovou a emissão dos direitos de utilização de frequências (DUF) à telecom, foi esta segunda-feira anunciado.

A aprovação da Anacom chegou hoje, "na do pagamento efetuado pela empresa dos valores devidos ". A partir deste momento a Vodafone já pode lançar serviços 5G.

"Assim se conclui, para esta empresa, o processo do leilão e atribuição das frequências", lê-se numa nota do regulador liderado por João Cadete de Matos.

" continuará a dar, como tem vindo a fazer, máxima prioridade à emissão dos títulos na sequência da concretização, por parte dos licitantes, dos pagamentos e do envio das respostas às audiências prévias relativas aos projetos de decisão relativos a esses títulos", garante o regulador.

A NOS e a Dense Air foram os primeiros operadores a concluir o processo do leilão e atribuição das licenças 5G. Logo a 26 de novembro, um dia após o pagamento pelos novos DUF, o regulador aprovou a emissão dos títulos 5G.

O leilão do 5G terminou no dia 27 de outubro, tendo sido atribuído espetro à NOS, Altice, Vodafone, Nowo, Dixarobil e Dense Air. Neste momento faltam concluir os processos de atribuição de licenças 5G da Altice, Nowo e Dense Air.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG