Anacom ainda não foi notificada sobre compra da dona da Nowo pela Vodafone Portugal

Na sexta-feira, a Vodafone Portugal anunciou um acordo para a compra da Cabonitel, que detém a Nowo, numa operação que deverá estar concluída na primeira metade do próximo ano. A empresa não adiantou valores.

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) ainda não foi notificada sobre o acordo de compra da Cabonitel, dona da Nowo, pela Vodafone Portugal, disse esta segunda-feira à Lusa fonte oficial do regulador.

Na sexta-feira, a Vodafone Portugal anunciou que tinha celebrado um acordo para a compra da Cabonitel, que detém a Nowo, numa operação que deverá estar concluída na primeira metade do próximo ano.

Questionada pela Lusa se tinha sido notificada desta operação, a Anacom disse que ainda não foi notificada.

A Vodafone Portugal "celebrou com a Llorca JVCO Limited, acionista da Másmóvil Ibercom, S.A., um acordo para a compra da empresa Cabonitel S.A., detentora da Nowo Communications, o qual se encontra sujeito à necessária aprovação regulatória", adiantou a operadora, em comunicado na semana passada.

A Nowo é o quarto maior operador convergente em Portugal, com cerca de 250 mil subscritores do serviço móvel e 140 mil clientes do acesso fixo (televisão paga e banda larga) em aproximadamente um milhão de casas cobertas com a sua infraestrutura de comunicações, segundo a empresa.

A Vodafone, que não divulgou o valor envolvido na aquisição, destacou ainda que a aquisição da operação da Nowo "vem reforçar a sua competitividade no mercado, dotando-a de maior escala e de maior cobertura, com benefícios para os atuais e para os futuros clientes, bem como para o setor", acrescentando que "cria ainda as condições para investimentos mais eficientes em redes de conectividade de elevado débito, bem como no desenvolvimento de produtos e serviços inovadores".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de