Digi constrói rede 5G em Portugal em parceria com a Cellnex

Operadora romena fecha parceria e já tem acesso às infraestruturas para instalar equipamentos de telecomunicações.

A romena Digi celebrou um "acordo estratégico de longo prazo" com a Cellnex para a instalação de dois mil pontos de presença (os PoPs), até ao final de 2023, em locais do país onde estes serviços de telecomunicações sejam necessários, explica a empresa em comunicado enviado esta sexta-feira.

Apesar desta "parceria se encontrar numa fase inicial de desenvolvimento", a Cellnex Portugal disponibilizou à Digi as primeiras infraestruturas para a colocação dos equipamentos da operadora romena. Esta é a primeira informação oficial sobre o desenvolvimento da rede própria da Digi no país, depois de a operadora ter investido mais de 67 milhões de euros na compra de licenças 5G no leilão da Anacom.

Segundo o comunicado, "em linha com os investimentos que a fornecedora Cellnex tem vindo a realizar nos 12 países para implementar de forma rápida e económica as redes de 5G, a Cellnex em Portugal está a investir" para disponibilizar aos novos operadores "boas condições de cobertura e de qualidade de serviço em todo o território nacional".

A Cellnex vai ajudar a operadora romena nos primeiros passos em Portugal. O presidente executivo da empresa em Portugal, Nuno Carvalhosa, explica que "esta parceria é reveladora da natureza pró-competitiva do posicionamento grossista, neutro e independente da Cellnex, contribuindo para que Portugal beneficie de uma utilização mais eficiente e economicamente racional das suas infraestruturas de telecomunicações".

Já o vice-presidente do grupo Cellnex, Àlex Mestre, afirma que esta parceria "é uma oportunidade significativa de crescimento orgânico da Cellnex e um exemplo paradigmático do papel de suporte que a Cellnex presta aos seus clientes, em prol do desenvolvimento dos mercados de telecomunicações nos países onde está presente, contribuindo para o desenvolvimento económico e para a coesão territorial e social destes países".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de