Patrocínio

Telefónica deixa de patrocinar Real Madrid, Barcelona e seleção espanhola

A operadora decidiu deixar de patrocinar dois dos maiores clubes espanhóis e a própria seleção de Espanha.

A operadora de telecomunicações espanhola Telefónica vai deixar de patrocinar o Real Madrid, o Barcelona e a seleção espanhola de futebol, avançou recentemente o jornal El País. A decisão insere-se no âmbito da nova política de patrocínios da empresa, que vai passar a estar centrada na oferta televisiva.

A empresa era o principal patrocinador da Federal de Futebol de Espanha e da seleção depois de, em 2012, ter assinado um contrato de cinco anos. Documento esse que agora decidiu não renovar.

A Telefónica firmou a sua aliança com a Real Madrid – tanto para o futebol como para o basquetebol – em março do ano passado. O acordo era nomeadamente de apoio à marca Movistar mas não incluía a presença na camisola dos jogadores. Já com o clube catalão, a aliança foi celebrada em fevereiro de 2015. O objetivo era que a Telefónica fosse sócia do Barcelona na América Latina durante os três anos seguintes, com a possibilidade de mais dois, avança o El País.

A decisão da Telefónica de deixar de patrocinar estas três entidades surge depois de a operadora ter pago vários milhares de euros para ter os direitos de transmissão de futebol nos próximos três anos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
16. Empregados de mesa

Oferta de emprego em alta no verão segura aumento de salários

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo aprova compra do SIRESP. Governo fica com “acrescidas responsabilidades”

draghi bce bancos juros taxas

BCE volta a Sintra para o último Fórum com Draghi na liderança

Outros conteúdos GMG
Telefónica deixa de patrocinar Real Madrid, Barcelona e seleção espanhola