Tencent e Dragoneer investem 250 milhões na Farfetch

A empresa de comércio eletrónico vai emitir e vender dívida no valor de 250 milhões. Tencent e Dragoneer são os investidores.

A Farfetch, empresa de comércio eletrónico que opera na área do retalho de luxo, anunciou que chegou a acordo para emitir e vender dívida convertível sénior no valor de 250 milhões de dólares. Esta operação, de acordo com o comunicado, vai ser feita através de uma colocação privada, sendo que a gigante tecnológica chinesa Tencent comprometeu-se a investir 125 milhões de dólares. O fundo de investimento Dragoneer vai adquirir os restantes 125 milhões de dólares de dívida emitida pela tecnológica luso-britânica, liderada por José Neves.

Este investimento vai complementar a posição de liquidez da Farfetch e vai permitir também à tecnológica ter uma plataforma mundial para a indústria de retalho de luxo e continuar a apostar no crescimento, incluindo no mercado chinês, que é fundamental para empresa.

Em comunicado, a Farfetch nota ainda que o investimento da Tencent "eleva a relação já existente entre as duas empresas, que, através do papel da Farfetch" enquanto porta de entrada principal do retalho de luxo na China "está a ajudar as marcas de luxo ocidentais a alcançar os consumidores chineses através da plataforma da Tencent, a WeChat".

José Neves, CEO e fundador da Farfetch, nota em comunicado que está "satisfeito" com a entrada da Tencent e Dragoneer para o grupo de investidores da empresa. "O profundo conhecimento tecnológico da Tencent e relação contínua com a Farfetch, junto com o conhecimento da Dragoneer no apoio a empresas tecnológicas orientadas para o crescimento, torna-as investidores excelentes para apoiar o próximo capítulo de crescimento da Farfetch. À medida que continuamos a executar a nossa estratégia de longo prazo, acreditamos que este investimento apoia" a aposta da Farfetch para "escalar o nosso negócio de forma a alcançar a rentabilidade a médio prazo".

Martin Lau, presidente da Tencent, em comunicado, mostra-se satisfeito com o estreitar de relações com a tecnológica luso-britânica, numa altura em que a Farfetch "acelera o seu crescimento na China e reforça a experiência dos clientes e oferta na região. A Tencent anseia por poder apoiar a missão da Farfetch de se tornar a plataforma tecnológica mundial para a moda de luxo e em especial na área em que podemos apoiar os seus esforços na China".

Marc Stad, fundador da Dragoneer, mostra-se também satisfeito com a operação e adianta que: "sob a liderança de José, a Farfetch tornou-se a plataforma tecnológica mundial para o retalho de luxo, captando quota de mercado e dando um serviço único à sua crescente base de clientes e comunidade de marcas e boutiques". O responsável, em comunicado, diz ainda que estão ansiosos por assistir à contínua implementação da visão estratégica que vai levar o negócio para o próximo nível.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de