Porto de Lisboa

Terminal de contentores de Alcântara com investimento de 122 milhões de euros

Imagem do terminal de contentores de Alcântara, que pertence ao Porto de Lisboa. (Natacha Cardoso/ Global Imagens)
Imagem do terminal de contentores de Alcântara, que pertence ao Porto de Lisboa. (Natacha Cardoso/ Global Imagens)

Grande parte deste montante será investido em novos equipamentos, que irão permitir redução de emissões nas operações do terminal.

O terminal de contentores vai beneficiar de um investimento de 122 milhões de euros nos próximos meses. Este é o resultado do acordo assinado esta segunda-feira entre a administração do Porto de Lisboa e a Liscont, a empresa concessionária deste terminal e que pertence ao grupo turco Yilport, no âmbito da renegociação do contrato de concessão desta infraestrutura.

A cerimónia de assinatura do documento contou com a presença da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e do presidente do Yildirim, dono da Yilport, Robert Yildrim. A aposta neste terminal será feita apenas com capitais privados, ao abrigo do contrato de concessão, válido até 31 de dezembro de 2038.

Três quartos deste investimento serão feitos na compra e instalação de equipamentos, com uma fatia de 93,5 milhões de euros. Ficou acordada a aquisição de “dois novos pórticos de cais e seis novos pórticos de parque”, segundo uma nota de imprensa.

Esta aposta nos equipamentos também permitirá uma “forte redução das emissões de dióxido de carbono” nas operações deste terminal, com a aposta nos meios fluviais e ferroviários, e uma maior fluidez nas operações e uma interação positiva com a envolvente citadina onde o terminal está inserido.

O acordo também prevê a intervenção em infraestruturas, no valor de 16,5 milhões de euros; e ainda a aquisição e implementação de infraestrutura tecnológica, no montante de dois milhões de euros.

O terminal de Alcântara movimenta, atualmente, mais de 40% de toda a carga em contentores utilizada no Porto de Lisboa, que conta também com dois terminais deste género em Santa Apolónia.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O presidente executivo da TAP, Antonoaldo Neves. (ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

TAP compromete-se a “adicionar e ajustar planos de rota”

O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Costa. Lay-off deve deixar de ser fator de perda de rendimento

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

1356 mortos e 31292 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Terminal de contentores de Alcântara com investimento de 122 milhões de euros