Hostels

The House of Sandeman. Sogrape e donos do The Decadente abrem hostel em Gaia

Esplanada frente ao futuro The House of Sandeman
Esplanada frente ao futuro The House of Sandeman

Projeto implica um investimento de um milhão de euros. Vai criar 30 postos de trabalho directos.

Há cerca de três anos a Sogrape lançou um desafio ao The Independente Collective, os donos do Insólito e do The Decadente, em Lisboa. O resultado é The House of Sandeman by The Independent Collective, um hostel & suites que vai nascer no próximo ano no edifício das caves da Sandeman, em Gaia.

O projeto terá um investimento inicial de 1 milhão de euros e criar 30 postos de trabalho diretos.

“Dentro de um conceito de hostel é a primeira vez no mundo que uma marca se associa a este tipo de operação”, destaca Duarte D’Eça Leal, fundador do The Independente Collective, na apresentação do projeto.

As obras de remodelação das caves da Sandeman, mesmo junto ao Douro, para criar a primeira branded hostel do mundo arrancam em outubro, com a abertura do espaço com 10 suites e cinco camaratas (um total de 73 camas), prevista para “12 a 13 meses”.

Depois do lançamento do Sandeman Chiado, destinado a um público millennial, a Sogrape continua a apostar na renovação de público da marca centenária de vinho do Porto. O lançamento do The House of Sandeman visa “atrair clientes mais jovens à categoria, facilitando o acesso ao vinho do Porto e simplificando o acesso do consumidor à marca”, explica Fernando Guedes, CEO da Sogrape.

O projeto de arquitetura Catarina Cabral (que também criou The Decadente e o cocktail bar Cobre) pretende potenciar uma imersão no universo da marca. Ou seja, “criar uma relação simbiótica entre o vinho do Porto e a atmosfera” do espaço, permitindo “alargar a experiência Sandeman”, descreve Duarte D’Éça Leal.

O welcome desk, por exemplo, funciona como um bar; no hall de antecâmara das suites “estamos a desenvolver uma vinha indoor“; nas camaratas, as camas remetem para o formato de pipas; nas suites as cortinas são negras, numa referência à capa de Don, o símbolo da Sandeman, ícone concebido em 1928 por George Massiot Brown. O restaurante também vai manter as ligações com o universo do vinho do Porto.

O objetivo é que este Hostel boutique seja um projeto de “referência e benchmark internacional“. Com os preços a oscilar entre os 100 e 110 euro (suites) e os 15 a 18 euros (camaratas).

The House of Sandeman marca a entrada do The Independente Collective na região. Até aqui o grupo fundado pelos irmãos Martim, Bernardo e Duarte d’Eça Leal e Afonso Queiroz, concentrava a operação a Sul: com a hostel The Decadente, os restaurante The Insólito e Trincas, e o cocktail bar Cobre, em Lisboa; e a guest house Uva do Monte, na Comporta.

Uma expansão a Norte através de uma parceria de 10 anos com a Sogrape. E que poderá não ficar apenas pela The House of Sandeman, admite Fernando Guedes.

“Se tudo correr outros projetos virão”, diz o CEO da Sogrape. “É um projeto fora da caixa”, reforça, que “vai puxar pela marca e sobretudo pela zona ribeirinha de Gaia”.

Sandeman Chiado (Lisboa) e Quinta do Seixo (Douro) são dois dos projetos de enoturismo que a Sogrape tem associados ao vinho do Porto e à marca Sandeman que desde 2002 passou a fazer parte do seu portefólio.

Além da Sandeman, a Sogrape comercializa duas outras marcas de vinho do Porto, a Ferreira e o Offley. Esta categoria de produto representa um terço da produção e das receitas da companhia que fechou o ano passado com uma faturação a rondar os 206 milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Margarida Matos Rosa, presidente da Autoridade da Concorrência

Tiago Petinga/Lusa

Concorrência acusa 5 seguradoras e 14 administradores de formarem um cartel

Turismo. Fotografia: REUTERS/Nacho Doce

Excedente comercial nacional afunda mais de 68% no 1º semestre

empresas

Quando o nome de família trava o crescimento das empresas

Outros conteúdos GMG
The House of Sandeman. Sogrape e donos do The Decadente abrem hostel em Gaia