Dinheiro Vivo TV

Time Out Market em retrospectiva: o sucesso de Lisboa e Miami

A carregar player...
Time Out Market em retrospectiva: o sucesso de Lisboa e Miami

O conceito lisboeta celebrou este mês o seu terceiro aniversário. O ano de 2016 foi um sucesso mas o projeto não fica por aqui e expande-se para Miami

Da revitalização do Mercado da Ribeira nasceu aquilo que viria a ser o Time Out Market Lisboa – um mercado icónico que reúne debaixo do mesmo teto os melhores restaurantes da cidade. O conceito não passou despercebido e agora, ao fim de três anos, João Cepeda, presidente e director criativo do Time Out Market e a sua equipa, levam o conceito bairrista português para Miami Beach, como pode ler aqui.

As portas do Time Out Market Miami vão abrir já no início do próximo ano. Embora em Miami não existam edifícios de 1890, diz o presidente, o modelo do mercado lisboeta vai ser replicado num edifício muito icónico e com glamour.

A internacionalização do conceito começou a ser replicada em 2015 mas expandir não é tarefa fácil, avança João Cepeda: “Os espaços que estamos à procura lá fora são áreas muito grandes, em sítios muito nobres e isso nem sempre é fácil de encontrar. Desde o Porto a Nova Iorque ou de Londres a Miami, existem sempre barreiras a ultrapassar.”

Em declarações ao Dinheiro Vivo, João Cepeda revelou que os números chave deste ano foram os números de visitantes, cerca de 3,1 milhões de visitantes – um número extraordinário quando comparado aos mercados lá de fora.

Revelando um crescimento sustentado, desde o primeiro mês do ano, o presidente e director criativo refere ainda que “não há um único mês em que não tenhamos tido resultados positivos com um crescimento de dois dígitos, no mínimo”.

Em termos de faturação total, João Cepeda avança que em 2016 se faturou 24 milhões de euros – o que representa um crescimento de 115% do volume de negócios face a 2015.

Actualmente, o Time Out Market conta com 24 restaurantes (três chefs com estrelas Michelin), 8 bares, uma escola de cozinha, uma sala de eventos, uma discoteca e mais de uma dezena de espaços comerciais. “Não dizemos que somos a maior atração turística do país mas, se pensarem bem….” diz João Cepeda.

Objetivos para 2017: “Queremos oferecer coisas únicas”

Reunir a melhor a melhor oferta, inovando e sofisticando cada vez mais, sem nunca perder o essencial do conceito que é português, também é outra tarefa difícil – mas é aqui que a equipa do Time Out Market Lisboa se destaca, diz ao Dinheiro Vivo, João Cepeda.

Palco da fusão entre o novo e o antigo, do corriqueiro ao sofisticado, o presidente destaca que o Time Out Market Lisboa não é um espaço de conveniência mas sim um espaço de experiência.

Com isto em mente e, ao contrário do que se poderia ouvir, os objetivos para 2017 passam por dar a entender ao público e ao mundo que o Time Out Market Lisboa “está nos antípodas de um centro comercial”.

É por essa razão, diz ao Dinheiro Vivo, o presidente e director criativo, “que, nos nossos contratos, figura uma cláusula que diz que caso alguém tenha um restaurante num centro comercial nós deixamos de estar interessados e não renovamos o contrato. Queremos oferecer coisas únicas e não estamos interessados em dar às pessoas aquilo elas já têm facilmente nos espaços convenientes.”

Recorde-se que, em 2015 a Oakley Capital Investments, proprietário do Time Out Group, comprou a maioria do capital da MC Mercados da Capital, detida pelos sócios da revista Time Out. A implementação do conceito Time Out Market em outros países é liderada pelo próprio João Cepeda.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: MIGUEL A. LOPES/ LUSA

Défice recua à boleia de crescimento da receita e estabiliação da despesa

Terminou nesta sexta-feira o prazo para a entrega de propostas de compra do Novo Banco

Pimco aceita oferta do Novo Banco

Fotografia: Paulo Spranger/Global Imagens

Portugueses são os que mais querem poupar para enfrentar futuras crises

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Time Out Market em retrospectiva: o sucesso de Lisboa e Miami