Comércio a retalho

Toys“R”Us Espanha e Portugal lança aceleradora de startups

Toys R Us

Toys R Us Accelerator vai apoiar cinco 'startups' do retalho com 50 mil euros de financiamento

A Toys“R”Us Espanha e Portugal quer “impulsionar a criatividade, o talento e o crescimento” e, por isso, vai lançar a sua primeira aceleradora de startups, a ‘Toys R Us Accelerator’. As candidaturas podem ser realizadas até 17 de janeiro de 2020 e o financiamento será de 50 mil euros para 5 startups da indústria do retalho.

Através da cultura de empreendedorismo e inovação da marca, pretende-se com esta iniciativa apoiar, através de financiamento e mentoria, os projetos mais inovadores. O apoio desta iniciativa inclui a definição de uma estratégia de negócio, desenvolvimento de produto, estratégia digital, comercialização, distribuição e análise financeira. Além disso, os empreendedores podem estar localizados na sede da marca, localizada em Alcalá de Henares, em Madrid.

“Por ser um acelerador, o projeto visa startups já criadas, projetos recém-criados, bem como empresas consolidadas que pretendam que os seus produtos tenham visibilidade no mercado, dando-lhes acesso a ambientes reais onde podem experimentar novos produtos e novas soluções. A Toys”R”Us fornece os canais para fazer crescer os projetos globalmente”, destaca a empresa em comunicado.

As candidaturas serão avaliadas de acordo com requisitos de inovação e tecnologia, relevância, viabilidade, acesso ao mercado e de acordo com as tendências globais no setor dos brinquedos.

“O comportamento e a experiência dos consumidores estão a transformar o setor do retalho. Através deste programa, a Toys”R”Us permite um ecossistema empreendedor para impulsionar as startups que promovem a convergência entre o mundo offline e o online, acompanhando-as durante o processo de maturidade e crescimento”, explica o responsável pelo Projeto ‘Toys”R”Us Accelerator’, Pablo Garrido.

Paulo Sousa Marques, CEO da empresa, acrescenta que “o setor está a atravessar um ambiente de constante mudança e, portanto, estamos comprometidos em colaborar com startups para que se adaptem a esta nova realidade. O que nos diferencia dos concorrentes é a experiência do cliente e a identidade da nossa marca, e o acelerador será o modelo por excelência que leva a nossa marca ao ecossistema empreendedor para gerar novas ideias, experiências e emoções.”

O programa terá a duração de quatro meses, período em que as diferentes startups selecionadas serão implementadas. Terminado este processo, os projetos qualificados pelo Comité Técnico podem propor colaborações com a Toys“R”Us e outras empresas e organizações associadas.

As candidaturas, que decorrem até 17 de janeiro, são feitas online e preveem o preenchimento de um formulário, em inglês, português ou espanhol, e envio da apresentação da startup. Os processos serão avaliados até 31 de janeiro e os resultados serão conhecidos a 14 de fevereiro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lear Corporation

Há mais de 800 mil portugueses a trabalhar por turnos

Alexandra Leitão, ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública. (António Pedro Santos / Lusa)

Governo vai reservar verba para financiar pré-reformas no Estado

Rui

“Se Rui Rio ganhar as eleições do PSD este Governo dura quatro anos”

Outros conteúdos GMG
Toys“R”Us Espanha e Portugal lança aceleradora de startups