aumentos dos transportes

Transdev: administração diz que substituição de quadros é “um acto normal de gestão”

ng3101377

A Transdev enviou um esclarecimento a afirmar que a substituição de quadros “é uma acto normal de gestão”, a propósito das notícias dos últimos dias que referem que o diretor delegado do grupo francês em Portugal foi despedido sem aviso prévio.

Em comunicado, a administração do grupo, que é o segundo operador de transportes
rodoviários de passageiros em Portugal, e um dos principais concorrentes às concessões a lançar pelo Governo, salienta que “face a algumas
notícias difundidas nos últimos dias a propósito da substituição do ex-
Administrador Delegado da Transdev em Portugal”, (…) “a substituição dos quadros da Transdev, que estão à frente das diversas geografias onde o grupo opera, é um acto normal de gestão coordenado pela Comissão Executiva e decidido pela mesma”.

O grupo francês diz, ainda que a substituição de Alain Descamps, por Richard Dujardin “reforça o interesse
estratégico do Grupo Internacional Transdev no sector dos Transportes
Coletivos em Portugal bem como no programa de privatizações que se
avizinha”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Rui Freire conta com experiência na Microsoft, grupo Havas e Global Media Group. Fotografia: DR

Rui Freire passa da Microsoft para o grupo Omnicom

Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade. Fotografia: D.R.

Reembolsos do IRS subiram 253 milhões à boleia da reforma do imposto

Fotografia: REUTERS/ Lucy Nicholson

Estes são os atores mais bem pagos do mundo, segundo a Forbes

Portugueses pretendem gastar mais em viagens

Lucro da eDreams sobe para 7,7 milhões no trimestre concluído em junho

Fotografia: EPA/DAVE HUNT

Uber perde mais de mil milhões de euros no primeiro semestre

arranjar emprego

Gig economy. A nova moda do mercado laboral não serve a Portugal

Conteúdo Patrocinado
Transdev: administração diz que substituição de quadros é “um acto normal de gestão”