transportes

Transportes. Portugueses fizeram 49 queixas por dia em 2017

CP, Metro de Lisboa e Transtejo são as empresas que contam com maior número de queixas.

No ano passado, a Autoridade de Mobilidade dos Transportes contou com 18.005 reclamações, superando em 21% o número de queixas registadas em 2016 (14.865), avança o Negócios esta sexta-feira. O valor traduz-se em 49 reclamações por dia.

A CP, o Metro de Lisboa e a Transtejo, os operadores com maior número de reclamações, foram alvo de mais de 7.300 queixas dos utentes dos transportes em 2017. Os números dizem apenas respeito aos protestos que foram inscritos no livro de reclamações dos operadores e recebidos diretamente pelo regulador. Segundo o mesmo jornal, fora destes canais foram apresentadas mais de 40 mil reclamações.

Preços, pagamentos e bilheteiras, qualidade no atendimento ou atendimento insuficiente e exercício da atividade representaram mais de metade (57%) das reclamações dos utentes dos transportes públicos.

Entre as empresas mais reclamadas encontram-se também, em quarto e quinto lugar, a Rede Nacional de Expressos e a Carris, respetivamente.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
Transportes. Portugueses fizeram 49 queixas por dia em 2017