mobilidade

Trotinetes chegaram à Margem Sul. Flash entra em Almada

Lisboa, 12/03/2019 -  Apresentação da empresa de trotinetes Flash para o mercado português
(Diana Quintela / Global Imagens)
Lisboa, 12/03/2019 - Apresentação da empresa de trotinetes Flash para o mercado português (Diana Quintela / Global Imagens)

Empresa alemã passa a partilhar trotinetes em cinco concelhos portugueses. Há descontos para quem estacionar nos locais recomendados.

Almada é o quinto concelho em Portugal a receber uma empresa de partilha de trotinetes. A empresa alemã Flash está a testar desde quinta-feira este serviço neste concelho da margem sul do rio Tejo, que se junta a Lisboa, Faro, Coimbra e Maia na oferta de micromobilidade. A Flash garante que vai haver descontos para quem deixar as trotinetes nos locais recomendados.

“A Flash torna-se é a primeira empresa de micromobilidade a operar em dois concelhos da Área Metropolitana de Lisboa, abrindo portas para novas oportunidades, nomeadamente a integração no sistema de transportes da região. Todos os dias, milhares de pessoas viajam entre Almada e Lisboa, através dos transportes públicos e estou confiante que as trotinetes passam a ser um transporte complementar entre as estações de comboio, barco ou autocarros e os destinos finais dos passageiros”, destaca Felix Petersen, diretor-geral da Flash em Portugal.

As trotinetes da Flash, para já, estarão apenas disponíveis na zona da Costa da Caparica, até 20 de abril, enquanto decorrer o Caparica Surf Fest. Este evento reúne três competições da Liga Mundial de Surf. Na fase de teste, a empresa pretende perceber, em conjunto com o município e a polícia, “as necessidades da população e dos turistas e oferecer as melhores soluções de mobilidade”.

Como na concorrência, cada viagem na trotinete da Flash custa 15 cêntimos por minuto e é pago 1 euro para desbloquear o veículo. No entanto, há descontos para quem deixar o veículo nas zonas de estacionamento indicadas pelo município de Almada: paga-se 50 cêntimos para desbloquear a trotinete.

As trotinetes são desbloqueadas através de uma aplicação móvel nos sistemas operativos Android (Google) e iOS (Apple). O utilizador pode localizar os veículos de duas rodas na rua ou no mapa da aplicação, clicar no botão de ‘viajar’ e depois é feita a leitura do QR code.

Em Portugal, a Flash conta com a concorrência de mais oito empresas: Lime, Hive, Voi, Tier, Bungo, Wind, Bird e Frog.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O advogado e porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pardal Henriques (C), acompanhado pelo presidente do sindicato, Francisco São Bento (D), à saída da reunião com o governo. (MANUEL DE ALMEIDA/LUSA)

Pardal Henriques deixa de ser porta-voz do Sindicato dos Motoristas

TIAGO PETINGA/LUSA

Sindicato faz greve “cirúrgica” às horas extra entre 7 e 22 de setembro

Outros conteúdos GMG
Trotinetes chegaram à Margem Sul. Flash entra em Almada