Turismo

Turismo já rendeu 1362 milhões de euros este ano

(Fotografia: Pedro Correia/Global Imagens)
(Fotografia: Pedro Correia/Global Imagens)

Gastos dos turistas estrangeiros acompanham tendência de crescimento do número de dormidas, mesmo em época baixa

Este ano, as receitas acumuladas do turismo ascendem já a 1362,2 milhões de euros. São mais 15,2% do que há um ano, uma subida justificada, especialmente, pelos maiores gastos dos brasileiros.

Os dados divulgados pelo Banco de Portugal mostram que em janeiro, os turistas deixaram em Portugal 684,7 milhões de euros, e outros 677,5 milhões em fevereiro. Só no segundo mês do ano, as receitas estão já 13% acima do registado um ano antes.

“Em comparação com fevereiro de 2016, os maiores crescimentos verificaram-se nos mercados brasileiro (+38,8%), italiano (+22,1%), americano e irlandês (+20,3%) e francês (+14,9%)”, mostra a secretaria de Estado do Turismo.

Apesar desta subida, os ingleses continuam a ser os maiores responsáveis pelas receitas do turismo, tendo em fevereiro deixado 114,9 milhões de euros em Portugal. Logo atrás surgiram os espanhóis com um gasto de 111,3 milhões e os franceses 102,5 milhões. Da Alemanha chegaram outros 75,5 milhões em gastos.

No acumulado destes dois primeiros meses de 2017, os ingleses mantêm a liderança nos gastos, mas os espanhóis perdem o segundo lugar para os franceses.

“Os primeiros dois meses do ano estão em linha com as taxas de crescimento alcançadas em 2016. Verifica-se um crescimento de 11% nos hóspedes (dois milhões), de 10% nas dormidas (5,1 milhões) e de 16% nos proveitos (260 milhões de euros)”, evidencia a secretaria de Estado do Turismo.

O gabinete de Ana Mendes Godinho realça ainda que este crescimento faz-se sentir em todas as regiões, destacando-se, no entanto, a evolução na área metropolitana de Lisboa (16,2%), nos Açores (14,2%) e no Alentejo (11,5%).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (D), e o presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares (E), participam na conferência de imprensa no final de uma reunião, em Loures. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Costa: “Há países que foram colocados em listas vermelhas por retaliação”

João Rendeiro, ex-gestor do BPP

João Rendeiro, ex-presidente do BPP, condenado a pena de prisão

António Costa Silva
JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Costa Silva defende retoma da alta velocidade e novo aeroporto

Turismo já rendeu 1362 milhões de euros este ano