transportes

Uber sai do Sudeste asiático mas afasta mais vendas

Fotografia: REUTERS/Edgar Su
Fotografia: REUTERS/Edgar Su

A venda das operações no Sudeste asiático marca mais uma etapa da cura de emagrecimento da Uber.

A Uber vai sair do Sudeste asiático, depois da venda das operações desta região à rival Grab. O negócio inclui o segmento de transporte de passageiros e de comida, de acordo com a informação adiantada no domingo pela plataforma norte-americana. O líder da Uber, Dara Khosrowshahi, garante que a empresa não vai vender operações noutros países durante o seu mandato.

“Embora as fusões e aquisições sejam sempre uma ferramenta importante de criação de valor para a nossa empresa, o nosso foco estará no crescimento orgânico para construir os melhores produtos, serviços e tecnologia do mundo e reconstruir a nossa marca no segmento de mobilidade e que os nossos clientes, motoristas e cidades possam apoiar e até ser novos parceiros”, destacou Dara Khosrowshahi em nota publicada na página oficial da Uber no domingo.

Apesar da venda, a Uber vai manter uma participação de 27,5% na Grab. Esta plataforma foi fundada em Singapura em 2012 e também funciona em países como Malásia, Indonésia, Filipinas, Vietname, Tailândia, Myanmar e Cambodja. Calcula-se que o mercado de transporte de passageiros através de aplicações móveis representa 20,1 mil milhões de dólares (16,3 mil milhões de euros) em 2025, de acordo com um estudo divulgado pela Bloomberg em dezembro de 2017.

A venda das operações no Sudeste asiático marca mais uma etapa da cura de emagrecimento da Uber: em julho de 2017, a empresa saiu da Rússia depois da venda à Yandex; em agosto de 2016, a Uber saiu da China após negociar com a empresa local Didi. Nos últimos 10 anos, a plataforma de transportes acumulou 10,7 mil milhões de euros de prejuízos.

 

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: Leonel de Castro/Global Imagens

Famílias com 12 meses para pagarem rendas do estado de emergência

(João Silva/ Global Imagens)

Papel higiénico, conservas:em 2 semanas, portugueses gastam 585 milhões no super

coronavírus em Portugal (covid-19) corona vírus

140 mortos e 6408 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Uber sai do Sudeste asiático mas afasta mais vendas