Tecnologia

Surpresa! Apple lança um iPhone vermelho e um iPad mais barato

Fotografia: Apple
Fotografia: Apple

Um iPhone 7 vermelho, um iPhone SE com mais espaço de armazenamento e um iPad mais barato. Estas foram as novidades apresentadas hoje pela Apple.

Hoje foi dia de lançamentos surpresa na Apple e há três grandes novidades: um iPhone 7 vermelho, um iPhone SE com o dobro do espaço de armazenamento e um iPad mais barato. Os novos produtos surgem uma semana antes da apresentação oficial do próximo smartphone da concorrente Samsung, sobre o qual também já há novidades – e até imagens.

O novo iPhone 7, cuja única característica distintiva é a cor, é lançado no âmbito de uma iniciativa solidária criada em parceria com a (RED) para angariar fundos para o combate à SIDA no continente africano. Vai estar disponível a partir da próxima sexta-feira, dia 24 de março e, em Portugal, os preços vão variar entre os 889 euros, para a versão normal, e os 1029 euros, para a versão Plus.

Ler mais: Esqueça o iPhone 7. Prepare-se para o bombástico 2017

Além do iPhone solidário, a Apple apresentou ainda o novo iPhone SE – o irmão low cost do smartphone -, agora com o dobro da capacidade de armazenamento. Há duas novas versões, com 32 e 128 GB de memória, e vão também estar disponíveis a partir de sexta-feira, com preços entre os 499 e os 609 euros.

O tablet da Apple perdeu a designação ‘Air 2’ e chama-se agora apenas iPad. A versão hoje apresentada destaca-se pela redução de preço para cerca de metade (as diferentes versões vão variar entre os 419 e os 579 euros) e pelo novo processador A9. Vão estar disponíveis as versões de 32 e de 128 GB, com e sem entrada para cartão SIM. O iPad Mini 4 também passa a estar disponível na versão 128 GB.

 

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Taça Portugal - Benfica vs Sporting

Benfica encaixa 50 milhões. SAD fala em “capacidade acrescida de tesouraria”

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva ,à chegada para a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, 26 de fevereiro de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo mantém todas as restrições na Grande Lisboa por mais 15 dias

Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

Governo exige que Bélgica retire Alentejo e Algarve de zonas arriscadas

Surpresa! Apple lança um iPhone vermelho e um iPad mais barato