Emprego

Não é a brincar. Universidade de Cambridge procura professor de Legos

Foto: DR
Foto: DR

A fundação exige ainda que os candidatos sejam "divertidos, extremamente curiosos, imaginativos, criativos e tenham uma mente aberta".

A Universidade de Cambridge, no Reino Unido, está à procura de um professor de Legos. A vaga, inserida no Departamento de Educação da instituição de ensino, é financiada pela Fundação Lego.

A Universidade exige que os candidatos sejam “extraordinários académicos no campo da psicologia educacional ou comportamental”, sendo que o objetivo da vaga é aprofundar o estudo do papel que os brinquedos têm na educação e no desenvolvimento das crianças.

A fundação exige ainda que os candidatos sejam “divertidos, extremamente curiosos, imaginativos, criativos e tenham uma mente aberta”.

O salário anual oferecido pela universidade ronda os 97 mil euros, sendo que o candidato escolhido vai liderar o recém-fundado Centro de Estudos para o Papel dos Jogos Educação, Desenvolvimento e Educação (PEDAL).

Além da vaga principal, a Universidade de Cambridge tem outra oferta de trabalho para o mesmo departamento, para o lugar de assistente de investigação.

A Fundação Lego já doou mais de 4,6 milhões de euros ao programa da Universidade de Cambridge.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Emmanuel Macron, Pedro Sanchez, Angela Merkel, Donald Tusk, Jair Bolsonaro e Mauricio no G20 de Osaka, Japão, 29 de junho de 2019. Fotografia: REUTERS/Jorge Silva

Vírus da guerra comercial já contamina acordo entre Europa e Mercosul

Fotografia: Armando Babani/ EPA.

Sindicato do pessoal de voo lamenta “não atuação do Governo” na Ryanair

O presidente da China, Xi Jinping, fez uma visita de Estado a Portugal no final de 2018. Fotografia: Filipe Amorim/Global Imagens

Angola e China arrastam exportações portuguesas. Alemanha e Itália ainda não

Outros conteúdos GMG
Não é a brincar. Universidade de Cambridge procura professor de Legos