Zara

Vendas da Inditex crescem 17% na primeira metade do ano

Abertura da flagship store em Bruxelas foi uma das novidades do semestre.
Abertura da flagship store em Bruxelas foi uma das novidades do semestre.

As vendas do grupo espanhol Inditex, dono de marcas como a Zara, Bershka e Pull&Bear, aumentaram 17% na primeira metade de 2015 (números de 1 de fevereiro a 31 de julho), percentagem de crescimento já verificada no primeiro trimestre.

As vendas chegaram aos 9,42 mil milhões de euros, de acordo com comunicado da empresa enviado às redações.

A potenciar o crescimento do gigante espanhol de retalho estiveram a abertura das lojas online em Hong Kong, Macau e Taiwan, perfazendo vendas online em 28 mercados do mundo.

As marcas Furthermore, Oysho, Stradivarius, Pull&Bear e Massimo Dutti entraram também recentemente, via vendas online, na China.

Durante o primeiro semestre do ano, Zara e Zara Home foram as marcas que mais aberturas de loja registaram: 24 e 25, respetivamente. No total, o grupo inaugurou 94 lojas em 35 mercados diferentes, totalizando 6777 em todo o mundo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ministro da Economia Pedro Siza Vieira, no Roteiro Automóvel, visitou a PSA e conduziu um dos carros fabricados em Mangualde.  (João Silva / Global Imagens )

Governo quer choque elétrico nas fábricas de automóveis

Ana Jacinto, secretária-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) antes de uma entrevista, esta manhã nos estúdios TSF.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ana Jacinto. Hotelaria e restauração precisam de mais de 40 mil trabalhadores

despedimentos coletivos

Despedimentos coletivos voltam a subir em 2019 e arrasam no Norte

Vendas da Inditex crescem 17% na primeira metade do ano