mercado automóvel

Venderam-se mais carros elétricos este ano do que nos últimos sete

Foto: Direitos Reservados
Foto: Direitos Reservados

Portugueses já compraram mais elétricos em 2018 do que nos sete anos anteriores. Gasolina cresceu 20,5%.

Os carros a gasóleo são cada vez menos uma opção para os portugueses. As vendas destes automóveis caíram 10,8% nos primeiros onze meses do ano em comparação com o período homólogo de 2017, contrariando a subida de 3,4% do mercado de veículos novos, revelam os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

Os portugueses estão a optar mais pelas alternativas, em especial pelos elétricos: já foram vendidos mais carros sem emissões este ano do que no total dos últimos sete anos.

Os carros totalmente elétricos representam o aumento mais expressivo: foram comprados 3778 veículos sem emissões entre janeiro e novembro, o que corresponde a um aumento de 168,7% face ao mesmo período do ano passado. Nos sete anos anteriores, tinham sido comprados 3669 automóveis elétricos novos.

Entre janeiro e novembro, foram comprados 112 061 automóveis a gasóleo, o que compara com os 125 691 veículos diesel adquiridos no mesmo período do ano passado. Com esta quebra, a quota de mercado deste combustível desceu dos 61,29% para os 52,80% em apenas um ano.

Mas isso não impediu que, ao todo, fossem vendidos mais carros em Portugal: 212 141 até novembro deste ano, contra 205 076 no mesmo período de 2017. Isso deveu-se aos ganhos nas vendas de automóveis de todos os outros combustíveis: mais 20,5% nos veículos a gasolina, mais 60,2% nos automóveis híbridos e mais 9,2% nos carros movidos a gás (GPL ou natural).

Gasolina em alta

Em Portugal, o aumento da compra de carros a gasolina – em detrimento dos veículos a gasóleo – acompanha a tendência europeia.

Esta situação acabou por ter impacto, por exemplo, na produção de automóveis da Autoeuropa e de outras fábricas do grupo Volkswagen na Europa, que tiveram de suspender a produção por vários dias ao longo do ano por falta de motores a gasolina.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Fábio Poço/Global Imagens)

Alojamento Local. Há 11 desistências por dia desde que nova lei entrou em vigor

Fotografia: Regis Duvignau / Reuters

Clandestinidade preocupa sindicato da construção

Fotografia: REUTERS/Juan Medina

Extensão do prazo da OPA ao Dia faz parar operações de venda do grupo

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Venderam-se mais carros elétricos este ano do que nos últimos sete