Vender casa ainda demora mais de um ano

Inquiridos não acreditam que preços vão subir
Inquiridos não acreditam que preços vão subir

O tempo médio que demora vender uma casa voltou a descer em junho, mas ainda se demora mais de um ano a concluir uma transação. Segundo as estatísticas do portal imobiliário Imovirtual, que reúne mais de 190 mil imóveis para venda e arrendamento, neste momento são precisos, em média, 13 meses para vender um imóvel residencial, menos que os 16 meses que demorava no início de 2013 e menos que os 14 meses que demorava em abril.

De acordo com a análise publicado por este portal, este é o melhor resultado dos últimos sete meses e a evidência de uma certa melhoria do mercado, ainda que ligeira e talvez sazonal, por estarmos no verão.Por outro lado, os inquiridos só não estão mais optimistas porque continuam a existir restrições bancárias, ainda que menores, pela existência de uma grande instabilidade no mercado de trabalho e da diminuição do poder de compra.

O estudo, que reúne a opinião de mediadores, consultores ou empresas de
gestão e administração de imóveis, diz ainda que o tempo que demora a arrendar uma casa também desceu dos cinco meses em abril para quatro meses junho.

E repara ainda que de todas as pesquisas realizadas no portal em junho, 63,9% foi orientada para apartamentos e que 37,8% se concentrou no distrito de Lisboa.

“No curto prazo, 66% dos profissionais inquiridos prevê a manutenção
do nível de preços no mercado, sendo que 24%, todavia, não
descartam um eventual um aumento dos valores residenciais” pode ler-se no comunicado enviado pelo Imovirtual.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Saídas para a reforma disparam 43% na função pública

Foto: DR

EDP flexibilizou pagamento de faturas no valor de 60 milhões de euros

Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Moratórias bancárias estendidas até final de setembro de 2021

Vender casa ainda demora mais de um ano