Hotelaria

Vila Galé Sintra. Para além do hotel há 92 apartamentos para venda

vgsintra_T2

Grupo hoteleiro português já iniciou a construção do empreendimento. Os primeiros 48 apartamentos arrancam para venda desde já

O mais recente investimento do grupo Vila Galé na região de Lisboa está longe de ser apenas hotel. Para a Várzea de Sintra, Jorge Rebelo de Almeida escolheu criar não só uma unidade de alojamento como também um espaço dedicado à residência permanente.

No empreendimento, que estará pronto em abril de 2018, haverá 92 apartamentos de tipologias que vão do T0 a T3, e que assentam num “conceito inovador na área de saúde e wellness vocacionado para as famílias”.

Os preços dos alojamentos começam nos 360 mil euros e os primeiros 48 apartamentos, ainda apenas de tipologia T2 e T3 arrancam para venda desde já.

vgsintra_2

Além desta dimensão imobiliária, a nova obra na Várzea de Sintra contará com um hotel com 77 quartos e que o grupo Vila Galé espera ter pronto para abrir a 25 de abril do próximo ano.

O Vila Galé Sintra – Resort Hotel, Conference & Revival Spa representa um investimento de 25 milhões de euros e estima-se a criação de 60 empregos diretos.

Os proprietários dos imóveis poderão usufruir dos serviços do hotel e ainda de um Spa que contará com equipas multidisciplinares com médicos e especialistas de várias áreas da Saúde.

“Trata-se sobretudo de contribuir para transformar os hábitos de quem nos procura, para mudar rotinas e para promover um estilo de vida ativo, ao ar livre e saudável, num ambiente descontraído, diferente de uma clínica ou de um hospital, ao mesmo tempo que diversificamos e valorizamos a nossa oferta”, refere Jorge Rebelo de Almeida, presidente do grupo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A administradora delegada da Media Capital, Rosa Cullell (E), acomapnhada pelo CEO da Altice Media, Alain Weill (2-E), do CEO do Grupo Altice, Michel Combes (2-D), e do Chairman e CEO da Portugal Telecom, Paulo Neves (D), fala durante uma conferência de imprensa sobre a compra da Altice sobre o grupo Media Capital,. Fotografia: ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Compra da TVI pelo Meo pode “criar entraves significativos à concorrência”

O ministro das Finanças, Mário Centeno (E), acompanhado por Carlos Tavares (D), antigo presidente da CMVM, durante a sessão de apresentação pública do relatório do Grupo de Trabalho para a Reforma do Modelo de Supervisão Financeira. (ANDRÉ KOSTERS/LUSA)

Belém e Parlamento terão de validar novo governador do Banco de Portugal

Cristina Casalinho, presidente do IGCP. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens

Casalinho quer alongar pagamento da dívida para evitar picos de reembolsos

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Vila Galé Sintra. Para além do hotel há 92 apartamentos para venda