Revive

Vila Galé vai construir hotel de 4 estrelas na Coudelaria de Alter

Coudelaria de Alter

A reabilitação da Coudelaria de Alter do Chão vai custar perto de oito milhões de euros ao grupo hoteleiro liderado por Jorge Rebelo de Almeida.

O Governo anunciou esta segunda-feira que a concessão da Coudelaria de Alter do Chão foi adjudicada ao grupo Vila Galé, no âmbito do programa Revive, tendo em vista a instalação de um hotel temático de quatro estrelas.

O grupo liderado por Jorge Rebelo de Almeida vai investir perto de oito milhões de euros para reabilitar o edificado, no Alentejo, e criar uma unidade de quatro estrelas com aproximadamente 76 quartos, distribuídos pela casa de campo, assim como pelas antigas cavalariças, pelo edifício administrativo e pelas antigas pocilgas.

Por agora, sabe-se também que a enoteca e o lagar serão utilizados para eventos temáticos. O hotel vai ainda contar com um spa e um restaurante fortemente apostado na gastronomia regional.

A Coudelaria de Alter do Chão é um dos 33 imóveis do Estado inscritos no programa Revive, uma iniciativa governamental conjunta dos Ministérios da Economia, Cultura e Finanças para a reconversão de património sem uso em projetos turísticos.

Até ao momento, foram lançados sete concursos, sendo o da Coudelaria de Alter o quarto a estar concluído. O Vila Galé venceu o primeiro concurso do programa Revive para o Convento de São Paulo, em Elvas, que está em obras e vai abrir em 2019.

Serão lançados em breve os concursos de concessão da Casa de Marrocos, em Idanha-a-Nova, do Convento de São Francisco, em Portalegre, e do Convento de Santo António dos Capuchos, em Leiria.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Governo cria complemento salarial até 350 euros para trabalhadores em lay-off

O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa, 04 junho 2020, realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda, em Lisboa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

Banco de Fomento para Portugal com “aprovação provisória”

O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda,  em Lisboa, 29 de maio de 2020. O Governo decidiu adiar a passagem para a terceira fase de desconfinamento na Área Metropolitana de Lisboa e criou regras especiais, sobretudo em atividades que envolvem “grande aglomerações de pessoas”.  MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Trabalhadores em lay-off passam a receber entre 77% e 92% do salário

Vila Galé vai construir hotel de 4 estrelas na Coudelaria de Alter