Vinhos do Alentejo crescem 28% na exportação

Vinhos do Alentejo crescem 28% na exportação, com o preço médio a subi 9%. Brasil, Angola, EUA, Suíça e França, representam 57% do valor exportado

Os vinhos do Alentejo estão a ganhar terreno nos mercados externos. Nos primeiros seis meses a exportação aumentou 28% em valor e 17% em quantidade, e o preço médio por litro subiu 9%, de acordo com os dados da CVRA (Comissão Vitivinícola Regional Alentejana).

Brasil, Angola, Estados Unidos da América, Suíça e França representam 57% do valor exportado, com este aumento, "o Alentejo está a contribuir para a valorização das exportações de vinho DOC e Regional de Portugal, atingindo preços médios mais elevados", revela a CVRA.

Para Francisco Mateus, presidente da CVRA, “o valor atingido na exportação até junho é reflexo do crescimento do preço médio, o que traduzimos em maior perceção da qualidade por parte dos importadores e consumidores internacionais. Brasil e Angola são mercados de peso que alavancam a exportação, mas numa análise sem estes dois países, o preço médio até cresceu mais (+10%). Estamos a melhorar o nosso posicionamento nos mercados de exportação”.

O vinho DOC Alentejo e Regional Alentejano chega a 112 mercados internacionais e a quantidade exportada duplicou nos últimos dez anos.

O presidente da CVRA diz que esperam este ano “superar os resultados do ano passado, pois o segundo semestre é mais forte, e fechar 2017 como o melhor ano na exportação”.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de