fundos comunitários

Vision Box: Tecnologia portuguesa recebe dois milhões de Bruxelas

Fotografia: Jorge Amaral/Global Imagens
Fotografia: Jorge Amaral/Global Imagens

Foram atribuídos, ao todo, 100 milhões de euros a 69 pequenas e médias empresas de 21 países

A Vision Box, uma empresa de tecnologia portuguesa na área de identificação móvel, é a única PME nacional apoiada na mais recente ronda de resultados do programa Horizonte 2020. A marca de Carnaxide vai receber mais de dois milhões de euros de Bruxelas. Foram atribuídos, ao todo, 100 milhões de euros a 69 pequenas e médias empresas de 21 países.

“Em pouco mais de dois anos, o Instrumento já financiou várias dezenas de PME portuguesas inovadoras com mais de 15 milhões de euros. Ainda assim, estou certo que estes resultados podem progredir e deixo o desafio para outras PME portuguesas arriscarem e concorrerem a este Instrumento que oferece grandes oportunidades”, refere Carlos Moedas, comissário europeu da Ciência e Inovação, citado em nota divulgada na quinta-feira.

Entre outros produtos, a Vision Box é a empresa que desenvolve soluções de controlo de fronteiras nos aeroportos, que permitem escoar os passageiros e evitar filas. O mecanismo funciona pelo reconhecimento facial e armazena os dados de forma virtual e rápida.

Nesta fase do programa Instrumento PME, cada projeto pode receber até 2,5 milhões de euros (ou cinco milhões de euros, nos projetos ligados à saúde) para financiar atividades de inovação como a demonstração, o ensaio, a fase-piloto, a fase de expansão e a miniaturização, para além de desenvolver um plano de negócios sólido.

Desde o início do ano que sete pequenas e médias empresas foram apoiadas pelo programa Horizonte 2020: em abril, C2C-NewCap, a Mater Dynamics e a STME foram as três empresas portuguesas contempladas com um financiamento de 50 mil euros; em março, a Perceive 3D, a BioMimetx e a Bluemater receberam um total de 4,7 milhões de euros.

O Instrumento PME conta com duas fases: na primeira, são disponibilizados 50 mil euros por projeto para desenvolvimento do estudo de viabilidade; na segunda, existe um financiamento até 2.5 milhões de euros por projeto.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
16. Empregados de mesa

Oferta de emprego em alta no verão segura aumento de salários

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo aprova compra do SIRESP. Governo fica com “acrescidas responsabilidades”

draghi bce bancos juros taxas

BCE volta a Sintra para o último Fórum com Draghi na liderança

Outros conteúdos GMG
Vision Box: Tecnologia portuguesa recebe dois milhões de Bruxelas