Bolsa

Vista Alegre emitiu 50 milhões em obrigações

Loja da Vista Alegre.
(Maria João Gala / Global Imagens)
Loja da Vista Alegre. (Maria João Gala / Global Imagens)

Emissão registou "uma forte procura, de cerca de 80 milhões de euros, ou seja, perto de "200% do valor objetivo mínimo fixado para a emissão".

A Vista Alegre Atlantis (VAA) decidiu emitir 50 milhões de euros em obrigações para “diversificar fontes de financiamento”, de acordo com um comunicado enviado hoje pela sociedade.

“A VAA informa que o seu Conselho de Administração decidiu hoje emitir obrigações garantidas no valor de 45 milhões de euros, com uma taxa anual fixa de 4,5% e vencimento em outubro de 2024”, bem como “obrigações garantidas no valor de cinco milhões de euros com uma taxa anual fixa de 3,5% e vencimento final em outubro de 2024, todas para colocação apenas junto de investidores institucionais”, de acordo com uma nota publicada na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Num outro comunicado, a empresa adiantou que a emissão registou “uma forte procura, de cerca de 80 milhões de euros, ou seja, perto de “200% do valor objetivo mínimo fixado para a emissão – 40 milhões de euros – por parte de 21 investidores, tendo seis deles colocado ordens superiores a cinco milhões”.

A VAA referiu ainda que a emissão obrigacionista terá lugar no próximo dia 21 de outubro, tendo obtido “uma notação de ‘rating’ BBB-, atribuída pela agência de ‘rating’ Axesor, e foi colocada junto de investidores institucionais, com 66% do montante colocado junto de investidores espanhóis e 34% colocado em Portugal”.

O grupo “irá solicitar a admissão à negociação de uma tranche de obrigações que perfaz o valor 45 milhões de euros, no MARF – Mercado Alternativo Renta Fija – da BME – Bolsas y Mercados Españoles, a partir do próximo dia 21 de outubro e cinco milhões de euros serão colocação direta”, lê-se na mesma nota.

A empresa justifica esta operação com a necessidade de “diversificar as fontes de financiamento da Vista Alegre, alongar a maturidade média da dívida e garantir as condições para o crescimento sustentado dos seus negócios nos diferentes segmentos e mercados em que opera”.

Além disso, a emissão liberta a Vista Alegre de um “conjunto de garantias e restrições que mantinha perante os bancos, designadamente hipotecas sobre instalações fabris, penhor de marcas e equipamentos, bem como o levantamento da limitação à distribuição de dividendos”.

A VAA está integrada no grupo Visabeira.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Algarve, Portugal. Fotografia: D.R.

Algarve lança campanha. “Fiquem em casa para regressarem com mais saudade”

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Vista Alegre emitiu 50 milhões em obrigações