Vivafit quer 500 ginásios na Índia nos próximos cinco anos

Ginásios Vivafit
Ginásios Vivafit

A cadeia de ginásios femininos Vivafit associou-se a um grupo indiano para abrir 500 novos espaços na Índia em cinco anos, sendo o investimento feito por proprietários locais, segundo o presidente executivo da marca portuguesa.

Pedro Ruiz disse à Lusa que se trata de um investimento de cerca de 50 milhões de euros em obras e equipamentos, que ficará a cargo dos proprietários dos imóveis.

A cadeia indiana O2 Club será responsável pela gestão dos espaços, enquanto o Vivafit cede a marca e o ‘know-how’, acrescentou.

O responsável do Vivafit explicou que este é um investimento atrativo e “sem riscos” para os proprietários dos espaços já que terão assegurado desta forma um retorno garantido sobre o capital.

Leia mais Conheça o ginásio vertical que reduziu o crime numa favela de Caracas

Os ginásios vão ser abertos em estados onde a empresa ainda não tem ‘franchises’.

A cadeia Vivafit conta com seis ginásios na Índia e está a concluir obras noutros três, em regime de ‘franchising’.

Pedro Ruíz adiantou que espera abrir o primeiro ginásio da cadeia em Omã em setembro, o primeiro na Indonésia em outubro e o primeiro na Arábia Saudita no início do próximo ano.

Existem também “perspetivas” para Taiwan e estão a ser feitos contactos para lançar a marca na China, concluiu.

A rede Vivafit inclui atualmente 60 ginásios exclusivos para mulheres em Portugal, India, Singapura, Emirados Árabes Unidos, Uruguai e Espanha.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
David Cameron, no Forum Económico Mundial 2020, em Davos. DR.

Davos. Os negócios, a política, o ambiente e os “do contra”

Ilustração: Vítor Higgs

Espanhóis e chineses na corrida para entrar no capital do EuroBic

Procurador-Geral da República de Angola, Hélder Pitta Grós (EPA/MARIO CRUZ)

PGR angolano afasta mais arguidos portugueses no caso Isabel dos Santos

Vivafit quer 500 ginásios na Índia nos próximos cinco anos