Telecomunicações

Vodafone e Idea Cellular criam segunda maior operadora móvel do mundo

Kumar Mangalam Birla (à esquerda), chairman do grupo Aditya Birla,  com Vittorio Colao, presidente executivo do grupo Vodafone. Fotografia:  REUTERS/Danish Siddiqui
Kumar Mangalam Birla (à esquerda), chairman do grupo Aditya Birla, com Vittorio Colao, presidente executivo do grupo Vodafone. Fotografia: REUTERS/Danish Siddiqui

Guerra de preços entre operadoras na Índia tem levado empresas a apresentar resultados negativos

A unidade indiana da Vodafone e a Idea Cellular chegaram a acordo para criar a segunda maior operadora móvel do mundo. A operação foi anunciada esta segunda-feira em comunicado e dá a este novo gigante o acesso a um total de 395 milhões de subscritores e que vai valer mais de 23 mil milhões de dólares (21,4 mil milhões de euros).

A Vodafone será a maior acionista na nova empresa, com uma posição de 45,1%. O grupo Aditya Birla, que controla a Idea Cellular, vai ficar com 26% das ações; o restante capital será distribuído em bolsa, adianta a Bloomberg.

A unidade indiana da Vodafone espera uma redução de custos de 670 mil milhões de rupias (9,5 mil milhões de euros) com esta operação, segundo o Financial Times.

A operação deverá estar concluída apenas no início de 2018. O setor das telecomunicações na Índia tem sofrido algumas alterações nos últimos meses, por causa da guerra de preços entre as operadoras.

Por exemplo, a Idea Cellular apresentou prejuízos no final de 2016 pela primeira vez em 10 anos, após reduzir as tarifas nas chamadas de voz e de utilização de dados móveis. A Vodafone apresentou prejuízos de 5,1 mil milhões de euros no primeiro semestre fiscal de 2016, que terminou em setembro.

A maior operadora móvel do mundo é a China Mobile, que conta com cerca de 835 milhões de subscritores.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Diana Quintela / Global Imagens

Anacom: Nova campanha da Meo é “lesiva” para clientes e viola lei

Galp

“Galpgate”: PGR confirma que já são 11 os arguidos

Vinhos portugueses estão presentes em 150 países. Fotografia: João Girão

Exportações de vinho crescem 10%

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Vodafone e Idea Cellular criam segunda maior operadora móvel do mundo