Telecom

Vodafone e indiana Idea concluem fusão na Índia

REUTERS/Neil Hall/File Photo
REUTERS/Neil Hall/File Photo

A empresa indiana Idea Cellular e o grupo britânico Vodafone anunciaram esta sexta-feira que concluíram a sua fusão na Índia, criando assim o maior operador móvel do país, com 408 milhões de clientes e 32,2% do mercado.

“Hoje criámos o operador móvel líder na Índia, é verdadeiramente um momento histórico”, disse, em comunicado, Kumar Mangalam Birla, presidente do grupo Aditya Birla, a que pertence Idea.

Após concluir o processo de fusão, que começou em março de 2017, será permitido que “continuem a operar” as duas marcas como “Vodafone Idea Limited” pela grande afiliação que contam na Índia, com cerca de 15.000 lojas em todo o país.

A fusão da Vodafone India e Idea vai gerar por ano cerca de 140.000 milhões de rupias, cerca de 1,7 mil milhões de euros, embora o novo operador tenha uma enorme dívida acumulada.

Com esta operação – a Vodafone India ocupava o segundo lugar no mercado e a Idea a terceira no setor de telecomunicações móveis no país, atrás da Airtel -, a nova entidade passará a ter uma quota em termos de receita na ordem dos 32,2%.

Segundo o acordo, a Vodafone detém 45,1% do novo operador móvel, enquanto a Idea tem 26%, com a opção futura de ter mais ações.

De acordo com os últimos dados da Autoridade Reguladora de Telecomunicações da Índia, de 30 de junho, o número de subscrições de telemóveis no país ascendem a 1.146 milhões.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Greve de motoristas de matérias perigosas parou o país, em abril. 
(MÁRIO CRUZ/LUSA

Nova greve dos camionistas dia 12. Pré-aviso já foi entregue

Assunção Cristas e Bruno Bobone, na sede da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, nos Restauradores
(ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

Cristas apela a empresários para darem mais força à oposição

Assunção Cristas e Bruno Bobone, na sede da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, nos Restauradores
(ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

Cristas apela a empresários para darem mais força à oposição

Outros conteúdos GMG
Vodafone e indiana Idea concluem fusão na Índia