Automóvel

Volkswagen e Fiat discutem produção conjunta de carrinhas de mercadorias

Fotografia: EPA/CARSTEN KOALL
Fotografia: EPA/CARSTEN KOALL

Negociações surgem numa altura em que o grupo FCA estará a ser alvo do interesse de vários grupos automóveis chineses

Os grupos Volkswagen e Fiat Chrysler (FCA) estão a negociar a produção conjunta de várias carrinhas e veículos todo o terreno nas suas fábricas. A informação está a ser adiantada esta quinta-feira pelo The Wall Street Journal, que cita fontes ligadas ao processo. As conversas estão numa fase muito inicial e ainda não se sabe quais poderão ser as regiões abrangidas.

A parceria entre o grupo alemão e ítalo-americano poderá incluir a construção conjunta do próximo comercial Volkswagen Caddy e da pickup Volkswagen Amarok. Os grupos Nissan Renault e Daimler (dona da Mercedes) são um exemplo na área automóvel na partilha de produção entre marcas neste tipo de veículos.

As negociações surgem numa altura em que o grupo FCA estará a ser alvo do interesse de vários grupos automóveis chineses. Isto tem levado as ações do grupo a bater recordes na bolsa italiana, com os títulos a somarem esta quinta-feira 2,97%, para os 12,49 euros. Durante a sessão, estas ações chegaram a negociar nos 12,90 euros, o valor mais alto de sempre.

Está afastado o cenário de o grupo Volkswagen comprar o grupo Fiat por falta de recursos financeiros, numa altura em que enfrenta custos superiores a 20 mil milhões de euros relativos à fraude de emissões nos carros a gasóleo tornada pública em setembro de 2015. Além disso, o gigante automóvel alemão está a dirigir o financiamento para novos serviços de mobilidade e os carros autónomos.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

JOÃO RELVAS/LUSA

Costa explica amanhã orçamento aos deputados do PS

Mário Centeno. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Gastos com educação e rendas de casa no interior dão bónus de 700 € no IRS

Outros conteúdos GMG
Volkswagen e Fiat discutem produção conjunta de carrinhas de mercadorias