Automóvel

Volkswagen quer vender luz em Espanha. Procura parceiros

Imagem de um Volkswagen Golf elétrico. REUTERS/Francois Lenoir
Imagem de um Volkswagen Golf elétrico. REUTERS/Francois Lenoir

A aposta elétrica da VW começará a surtir efeitos sobretudo em 2020, altura em que o grupo vai lançar os primeiros elétricos de grande produção.

A Volkswagen está à procura de parceiros para poder comercializar eletricidade em Espanha. O gigante automóvel alemão pretende expandir o seu ramo de atividade para outros segmentos, através da subsidiária Elli (que significa Electric Life – Vida elétrica, em tradução literal).

“A Elli vai começar a funcionar em Espanha”, adiantou esta segunda-feira um porta-voz da empresa ao jornal Expansión. Esta marca foi criada há algumas semanas na Alemanha para vender eletricidade totalmente proveniente de fontes renováveis, além de serviços de armazenamento de energia em habitações ou aplicações móveis para controlar o consumo de eletricidade. Um modelo que já é seguido há algum tempo pela Tesla.

A aposta elétrica da Volkswagen começará a surtir efeitos sobretudo a partir do início de 2020, altura em que o grupo vai lançar os primeiros automóveis elétricos de grande produção, como o Volkswagen ID, que serão acompanhados de várias soluções de carregamento inteligentes.

Em 2025, o grupo alemão quer mesmo liderar a venda de carros elétricos, conforme afirmou o responsável de investimento, Martin Hofmann, em entrevista concedida ao Dinheiro Vivo em setembro de 2028.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: José Carmo/Global Imagens

ISEG estima queda do PIB entre 8% e 10% este ano

António Mota, fundador da Mota-Engil. Fotografia: D.R.

Mota-Engil é a única portuguesa entre as 100 maiores cotadas do setor

António Rios Amorim, CEO da Corticeira Amorim. Fotografia: Tony Dias/Global Imagens

Lucros da Corticeira Amorim caíram 15,1% para 34,3 milhões no primeiro semestre

Volkswagen quer vender luz em Espanha. Procura parceiros