aviação

Volotea liga Porto/Bilbau já a pensar em novos voos

Carlos Carqueiro, diretor da Volotea. Fotografia: Igor Martins/Global Imagens
Carlos Carqueiro, diretor da Volotea. Fotografia: Igor Martins/Global Imagens

A operação da Volotea vai alavancar o crescimento de passageiros no aeroporto do Porto. Este ano, são esperados 12,5 milhões.

A Volotea é a mais recente conquista do aeroporto do Porto. A companhia área espanhola, cujo negócio está centrado em ligações entre cidades europeias de média e pequena dimensão, começou a operar a sua primeira rota no país, entre o Porto e Bilbau. E não quer ficar por aqui. “Claramente não é para termos uma só, não somos uma companhia grande e ainda temos muito para crescer”, disse Carlos Cerqueiro, diretor de desenvolvimento empresarial da transportadora.

Como salientou, o próximo passo será “crescer no número de frequências” desta ligação inicial e “depois lançar novas rotas”. “Vamos analisar a procura e ver oportunidades que outras companhias não estejam a explorar bem”, disse hoje em conferência de imprensa para a apresentação da linha Porto-Bilbau. Mais ligações a Espanha e locais com potencial turístico estão na mira.

A rota que liga o Porto a Bilbau está em operação desde o início de abril e tem registado taxas de ocupação acima dos 90%. A Volotea lançou duas frequências semanais com partidas às quintas-feiras e domingos. Segundo Carlos Cerqueiro, esta linha tem dois mercados-alvo: o turístico e o empresarial.

A Volotea, companhia lançada em 2012, transportou no ano passado 6,6 milhões de passageiros, tendo faturado 396 milhões de euros e gerado um lucro de 13,6 milhões. Carlos Cerqueira sublinhou que o modelo de negócio da transportadora é oferecer voos diretos sem parar em hubs, ou seja, explorar o mercado fora das capitais e facilitar, assim, ligações entre cidades secundárias.

A companhia espanhola opera 319 rotas entre 83 cidades europeias de 13 países. Este ano, as previsões apontam para o transporte de 7,5 milhões de pessoas. Com 12 bases na Europa, prepara para breve a inauguração da de Cagliari.

12,5 milhões de passageiros
O aeroporto do Porto deverá receber 12,5 milhões de passageiros este ano. Presente na conferência da Volotea, Fernando Vieira, diretor da infraestrutura aeroportuária, adiantou que “a taxa de crescimento está nos 9%” e que se está a registar um bom crescimento isso deve-se ao facto “da região estar a crescer, a apresentar um dinamismo muito grande”.

Como recordou, o aeroporto da Invicta começa agora também a ser um aeroporto de transferência, oferecendo a possibilidade dos passageiros fazerem ligações internacionais sem terem de se deslocar a grandes infraestruturas aeroportuárias. Em 2018, o Porto reforçou rotas com os EUA e o Canadá e este ano com o Brasil. O Dubai será uma estreia a 2 de julho.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Imagem de 2016 sobre as filas no atendimento para obter o passe do Metro, esta tarde na estação do Campo Grande em Lisboa. 
( Pedro Rocha / Global Imagens )

Passe Família já pode ser pedido. Mas prepare-se para a burocracia

Imagem de 2016 sobre as filas no atendimento para obter o passe do Metro, esta tarde na estação do Campo Grande em Lisboa. 
( Pedro Rocha / Global Imagens )

Passe Família já pode ser pedido. Mas prepare-se para a burocracia

Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

Programa Regressar arranca. Governo dá incentivo até 6500 euros a emigrantes

Outros conteúdos GMG
Volotea liga Porto/Bilbau já a pensar em novos voos