Tecnologia

Web Summit aposta tudo em Lisboa com evento secreto e novos escritórios

JOSE SENA GOULAO/LUSA
JOSE SENA GOULAO/LUSA

Paddy Cosgrave traz novos eventos para Portugal e procura um escritório maior. Web Summit anuncia 200 nomes, do líder da Xbox ao presidente do Gana.

A equipa da Web Summit dedicou esta semana para novos anúncios, a pouco mais de seis meses do início da conferência de empreendedorismo que vai ficar, pelo menos, mais uma década em Portugal. Não é por acaso que o irlandês Paddy Cosgrave, o CEO e fundador de um dos maiores eventos mundiais em tecnologia e empreendedorismo, chegou domingo a Portugal para um périplo de reuniões, anúncios e decisões nesta nova etapa com Lisboa como centro de operações da Manders Terrace Limited, a empresa que gere não só a Web Summit, mas outros eventos, de Hong Kong (RISE) a Toronto (Collision).

O primeiro anúncio da semana relativamente à Web Summit foi feito ontem no Twitter de Paddy Cosgrave: a equipa da Web Summit está à procura de espaços em Lisboa para um novo e muito maior centro de congressos do que a FIL. Não conseguimos obter respostas sobre se esse facto já estava no acordo (não divulgado) com as autoridades portugueses para a presença do evento por mais uma década ou se o projeto de expansão da FIL não está a correr bem. Só se sabe que Paddy esteve com o maior construtor e operador de conferências a nível mundial em busca de novos locais, algo que pode apresentar ao governo português e ao município lisboeta com um eventual plano de viabilidade económica.

Leia também | Jovens, estudantes e com licença para esmiuçar o cérebro de Paddy Cosgrave

Esta terça-feira ficámos a conhecer os primeiros 200 oradores da Web Summit 2019, que se realiza em Lisboa de 4 a 7 de novembro. O evento deste ano estará mais focado em videojogos, streaming e moda. Alguns dos nomes em destaque são os seguintes:

● Anna Gedda, CSO of H&M
● Sri Shivananda, CTO of PayPal
● Randy Freer, CEO of Hulu
● Brad Smith, President of Microsoft
● Gillian Tans, CEO of Booking.com
● Phil Spencer, CEO of Xbox
● Vladamir Klitchko, founder of Klitchko Ventures GmbH
● Julia Goldin, CMO of Lego Group
● Elie Seidman, CEO of Tinder
● Kristen Garcia Dumont, CEO of MZ
● Adam D’Angelo, Co-founder, Quora
● Laura Miele, Chief Studios Officer of Electronic Arts
● Peggy Johnson, Executive Vice President, Business Development of Microsoft
● Jessica Spence, CCO, Carlsberg
● Juliet de Baubigny, Senior Partner, Kleiner Perkins
● Katia Bassi, CMO of Lamborghini
● Mike Isaac, Technology Reporter, New York Times
● Nana Akufo, President of Ghana

Os temas escolhidos para este ano (videojogos, streaming e moda) vão estar ainda com maior destaque no evento, indica a Web Summit num comunicado enviado ao Dinheiro Vivo, além de incluir pela primeira vez os CEO do Hulu (serviço de streaming) e da Xbox.

A chamada MoneyConf 2019, conferência de fintech, que se realiza pela primeira vez em Lisboa – transita de Dublin -, vai passar de dois para três dias e deixa de se realizar em junho e será no mesmo período da Web Summit – terá um palco acessível a todos. Confirmado no evento está o CTO do PayPay, uma fintech japonesa (curiosamente, em Portugal, a empresa madeirense ACIN tem um serviço com o mesmo nome). À margem haverá um evento privado (Venture) só para convidados, com “alguns dos investidores mais influentes do mundo”, indica a organização. Confirmados estão os seguintes investidores:

● Mike Maples, Founding Partner of FLOODGATE
● Pat Grady, Partner, Sequoia Capital
● Andrei Brasoveanu, Accel Partners, Partner
● Dharmash Mistry, General Partner of Lakestar
● Chetan Puttagunta, General Partner, Benchmark Capital
● Tony Zappala, Partner at Highland Capital Partners a
● Tim Draper, Founder of Draper Associates
● Sebastian Schmincke, Partner, Creandum Simon
● Tara Reeves, Partner of OMERS Ventures
● Christian Nagel, Partner and Co-founder of Earlybird

A organização anuncia ainda alguns eventos denominados “secretos”, por serem privados e só acessíveis por convite, que se realizam dois dias antes da Web Summit. O seu acesso será exclusivo para as 500 startups mais promissores em “início de vida”. Os fundadores destas startups farão parte de atividades diferentes à volta de Lisboa.

Novos escritórios para novos funcionários

Nesta nova vida da Web Summit (e eventos associados) em Lisboa, a empresa Manders Terrace Limited está à procura de um novo escritório que possa acolher 50 a 100 funcionários permanentes – nesta altura ocupam um espaço no Rato com 10 pessoas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
16. Empregados de mesa

Oferta de emprego em alta no verão segura aumento de salários

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo aprova compra do SIRESP. Governo fica com “acrescidas responsabilidades”

draghi bce bancos juros taxas

BCE volta a Sintra para o último Fórum com Draghi na liderança

Outros conteúdos GMG
Web Summit aposta tudo em Lisboa com evento secreto e novos escritórios