retalho

Well’s quer apoiar a natalidade. Vai investir 1,3 milhões

Bebés

Cadeia quer apoiar novos nascimentos em 2018 com oferta de kit para bebés. Este ano quer abrir mais duas dezenas de lojas

Em Portugal nascem menos 60% de crianças do que nos anos 60. Nascem 8,4 bebés por cada mil habitantes e, fora das grandes cidades, a crise demográfica é ainda mais acentuada. A Well’s, a cadeia de saúde e bem-estar da Sonae, quer ajudar a mudar esta situação e, para isso, lançou uma campanha Por um Futuro com Mais Bebés em que se propõe a apoiar os bebés nascidos em 2018 e na qual, globalmente, conta investir mais de 1,3 milhões de euros. Este ano a Sonae prevê abrir cerca de duas dezenas de lojas Well’s e 10 clínicas Dr. Well’s.

“As baixas taxas de fecundidade traduzem-se numa insustentabilidade do setor social. A Well’s quer inverter este cenário e promover o debate sobre a natalidade em Portugal, gerando uma mudança sociocultural de uma forma positiva e mobilizadora. Queremos dar o exemplo de como todos temos um papel nesta missão”, começa por referir Inês Valadas, administradora da Soane MC, em declarações ao Dinheiro Vivo.

“Acreditamos que é nesta temática que a Well’s poderá representar uma mais valia significativa. Estamos presentes em todo o país, mesmo nas zonas mais interiores, onde a falta de natalidade é um problema ainda maior, e temos uma relação direta com este segmento da população, seja nas nossas lojas ou via a nossa comunicação”, diz. A cadeia tem uma rede de 220 lojas, espalhadas pelo país, tendo uma média de 1,7 milhões, das quais a maioria são mulheres entre os 25-55 anos.

“Queremos apoiar as famílias que decidem seguir pela natalidade e promover o debate sobre as causas do decréscimo da natalidade e o impacto social no curto e longo prazo”, explica a responsável.

caixa babywells 1

Desde o início do ano que, as mães que se registem no site da cadeia recebem um um presente para si e um conjunto de produtos baby Well’s, que pode ser levantado na loja. Depois a cadeia quer apoiar o primeiro ano de vida dos bebés de famílias carenciadas, uma ação em parceria com o Banco dos Bens Doados (EntreAjuda).

Durante o primeiro ano de vida, a cadeia vai oferecer “produtos para o bebé (Higiene, Alimentação e Puericultura), produtos para a mãe (cuidados pessoais) e acompanhamento da mãe e do bebé com ações de “formação” temáticas para a mãe”. “Temos por objetivo que a oferta cubra todas as necessidades do bebé durante o seu primeiro ano de vida, desonerando assim a família de quaisquer gastos ao nível da higiene, alimentação (leite e papas) e puericultura”, justifica Inês Valadas.

“Com o apoio de 5/6 instituições, identificadas pelo Banco de Bens Doados e com alcance nacional temos como objetivo chegar a 50 famílias por ano, sendo a sua introdução feita gradualmente. Todas as mães identificadas, recebem um cabaz mensal personalizado para o seu bebé e para a mamã. A entrega dos cabazes será feita mensalmente pelos colaboradores da Well’s que vão assegurar o acompanhamento das famílias e garantir o apoio necessário à mãe e ao bebé, assumindo o papel de ‘padrinhos'”, descreve.

A cadeia da Sonae quer ainda colocar o tema na agenda pública, levando a cabo ao longo do ano, ações dentro e fora das lojas que debater e promover este tema.

Investimento previsto

Uma bandeira na qual a cadeia calcula que poderá investir ao longo das várias fases, mais de 1,3 milhões de euros. “A oferta do kit tem um custo de 43 euros. Vai depender muito da adesão à ação, mas se pensarmos que nascem em Portugal mais de 80 mil bebés e se chegarmos a metade dos mesmos, chegamos a níveis de investimento acima de 1 milhão de euros”, diz Inês Valadas. “Na Ação de Responsabilidade Social, como pretendemos cobrir todas as necessidade de alimentação, puericultura e higiene do bebé, vai depender caso a caso, mas acreditamos que o investimento de todas as marcas envolvidas será superior a 300 mil euros. “Por fim, em termos de mobilização dos parceiros e comunicação, consideramos um investimento de marca Well’s, não diretamente ligado a este projeto”.

Expansão da rede Well’s

A cadeia prepara-se para abrir mais lojas este ano. “A Well’s tem em marcha um projeto de expansão para reforçar a sua rede de lojas em todo o país. O nosso objetivo para 2018 é continuar a crescer. Em 2017 abrimos 23 novas lojas. Esperamos manter um ritmo de crescimento em linha com o do ano anterior”, adianta a administradora.

Um ritmo de crescimento que também se aplica à rede de clínicas Dr. Well’s. Lançado em maio do ano passado, o conceito já tem quatro lojas – a primeira abriu no Centro Comercial Colombo, seguida do Gaiashopping e, mais recentemente, na Avenida de Roma (a primeira clínica de rua) e, desde janeiro, na Amadora. “O nosso objetivo é abrir mais 10 clínicas em 2018”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Indústria do calçado. 
Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal regressou ao Top 20 dos maiores produtores de calçado

Sonae Industria

Ações da Sonae Indústria e da Sonae Capital disparam após OPA da Efanor

Alexandre Meireles, presidente da ANJE. Fotografia:  Igor Martins / Global Imagens

ANJE teme que 2021 traga “grande vaga” de falências e desemprego

Well’s quer apoiar a natalidade. Vai investir 1,3 milhões